Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bankinter baixa spread mínimo do crédito à habitação para 0,85%

Bancos têm avançado com novas ondas de campanhas promocionais para atrair clientes de outras instituições, numa altura em que a subida das taxas Euribor sujeita as famílias a aumentos de custos.

O Bankinter tornou-se, em setembro, o primeiro banco a regressar aos “spreads” abaixo de 1%, com uma margem       de lucro mínima de 0,95%.
Susana Vera/Reuters
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 16 de Setembro de 2022 às 13:04
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O Bankinter anunciou esta sexta-feira a redução do spread mínimo do crédito à habitação para 0,85%, menos 0,05% do que o disponibilizado pelo banco anteriormente. "Quando tudo sobe, o spread desce" é o mote desta nova campanha promocional do banco espanhol.

A subida das taxas Euribor, a mais utilizada em Portugal neste tipo de créditos, e a consequente exposição das famílias a aumentos de custos, tem levado os bancos a avançar com novas ondas de campanhas promocionais para atrair clientes de outras instituições. 

A campanha do Bankinter decorre entre 17 de setembro e 18 de novembro de 2022. Além da redução do spread mínimo, a entidade baixou também as taxas fixas do crédito à habitação para 1,75% nos primeiros dois anos para 2,25% nos primeiros cinco anos e para 2,50% nos primeiros dez anos. Passados estes períodos, "os clientes passarão a usufruir de um spread desde 0,85%, quando transitarem para a taxa variável", explica o banco.

Estas ofertas aplicam-se a créditos à habitação que sejam transferidos de outros bancos. Quantos às despesas com a transferência de crédito, à semelhança do que já tem sido feito por outros bancos, o Bankinter fará "o reembolso da totalidade dos custos, pressupondo taxa variável na instituição de origem". 

As propostas dos clientes podem ser feitas diretamente na plataforma digital do banco ou então numa das agências, explica a entidade espanhola.

"Este conjunto de medidas vem reforçar o nosso compromisso de apoiar as famílias na realização dos seus projetos, em particular a compra de casa, disponibilizando condições vantajosas na atual conjuntura de subida da inflação e de juros", afirma Vítor Pereira, diretor de produtos, CRM, Marketing e Canais Digitais e Membro da Comissão Executiva do Bankinter.

A redução do spread mínimo e das taxas fixas faz parte de uma campanha que o banco vai lançar para fazer face ao impacto da inflação. "A campanha 'Sr. Dinheiro' pretende consciencializar o público sobre a importância de uma gestão eficiente da economia das famílias nesta conjuntura de incerteza económica, volatilidade dos mercados e subida da inflação", explica numa nota.

As promoções e ofertas refletem também a concorrência no setor bancário pelos clientes do crédito bancário.


Ver comentários
Saber mais Bankinter serviços financeiros banca juros Euribor
Outras Notícias