Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira estarão em destaque os resultados da EDP em 2017. Por outro lado, a Jerónimo Martins e as SAD do Sporting, Benfica e Porto estarão a reagir às contas divulgadas ontem depois do fecho da bolsa.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 01 de março de 2018 às 07:30
EDP divulga contas de 2017

A EDP apresenta hoje os seus resultados de 2017, após o fecho da bolsa nacional, e deverá voltar a ser a única companhia portuguesa com um resultado líquido superior a 1.000 milhões de euros no final do ano passado.

Segundo as estimativas do CaixaBI, os lucros da EDP terão subido para 1.343 milhões com a venda da Naturgas e Portgás.


No passado dia 3 de Novembro, a eléctria liderada por António Mexia reviu em baixa as estimativas para os lucros relativos ao conjunto do ano. Num documento publicado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a eléctrica situou entre 850 e 900 milhões de euros o resultado líquido recorrente esperado para 2017, contra a anterior estimativa de um valor igual ou superior a 919 milhões de euros.


 

JM e clubes de futebol reagem aos resultados anuais

A Jerónimo Martins vai estar a reagir, esta quinta-feira, às contas de 2017 apresentadas ontem após o fecho da praça lisboeta. As vendas da retalhista dona do Pingo Doce e Biedronka subiram 11,3% em 2017, mas os lucros recuaram 35% para 385 milhões de euros. Em causa está o facto de as contas de 2016 terem incorporado a venda da Monterroio.

Também a Benfica SAD irá contabilizar na sua evolução de hoje os resultados reportados na quarta-feira. Os lucros do Benfica cresceram mais de sete vezes com as vendas de Semedo e Mitroglou, o que compensou a redução dos rendimentos da UEFA. O capital próprio subiu com uma redução do passivo superior à do activo.


Ontem a SAD do Sporting reportou igualmente os resultados do primeiro semestre da época de 2017/18, com um resultado líquido de 10 milhões de euros, uma queda substancial face aos 46,5 milhões de euros do período homólogo, quando as receitas com a venda de passes de jogadores foi superior. Já o passivo recuou 40,4 milhões de euros.


Já a SAD do Futebol Clube do Porto reportou perdas de 23,9 milhões de euros no primeiro semestre fiscal da época de 2017/18, uma melhoria face aos prejuízos de 29,58 milhões no período homólogo da época anterior.


Desemprego mantém descida na Zona Euro


Um dia depois de divulgar as previsões para a inflação em Fevereiro, o Eurostat revela os números do desemprego na Zona Euro, em Janeiro. Segundo a Bloomberg, a taxa de desemprego na região deverá ter baixado de 8,7% para 8,6%. Teremos também os números do desemprego em Itália.


Ainda na Europa, destaque para os dados da actividade industrial na Zona Euro que vão ser apresentados pelo Eurostat.


 

Consumo nos EUA cresce menos

O consumo privado nos EUA deverá ter registado o menor crescimento dos últimos cinco meses. Segundo as estimativas, o indicador deverá ter avançado 0,2% em Janeiro, metade do aumento verificado um mês antes.

Já a actividade industrial norte-americana deverá ter arrefecido pelo segundo mês, ainda que se mantenha próxima do ritmo mais forte desde 2004.


 

Bolsas europeias e norte-americanas com Fevereiro vermelho

As bolsas europeias fecharam Fevereiro com uma descida de 4%. O mês também foi de perdas para o petróleo e para o euro, que registou uma queda mensal pela primeira vez desde Outubro. Nos Estados Unidos, o saldo de Fevereiro foi também negativo, com Wall Street a registar a queda mensal mais acentuada desde Janeiro de 2016.

Os investidores aguardam agora, com expectativa, o arranque de Março – mês em que se estima que a Reserva Federal norte-americana, agora sob a batuta de Jerome Powell, anuncie uma subida da taxa de juro directora.