Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Americanos ricos aumentam poupança com medo da pandemia

"As pessoas estão preocupadas com a economia", disse Aron Levine, presidente de banco de consumo e investimento do Bank of America.

Wall Street viveu, nos últimos dias, alguns dos dias mais “negros” da sua história.
Lucas Jackson/Reuters
Bloomberg 26 de Dezembro de 2020 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Com a pandemia, muitas pessoas nos Estados Unidos decidiram poupar mais, mesmo aquelas que podem investir 1 milhão de dólares.

É o que revela uma pesquisa do Bank of America com norte-americanos ricos, segundo a qual metade dos entrevistados está mais pessimista em relação à economia do que no início do ano. Cerca de 38% estavam preocupados com contratempos financeiros, enquanto 37% com aumentos inesperados das despesas com saúde, segundo os resultados da pesquisa divulgados esta semana.

"As pessoas estão preocupadas com a economia", disse Aron Levine, presidente de banco de consumo e investimento do Bank of America. "Não estão a gastar em viagens e lazer", disse em entrevista. "Esses dólares ganham um novo propósito numa combinação de poupança incremental ou grande parte está a ser investida."

Quatro em cada cinco entrevistados pouparam o dinheiro normalmente gasto em entretenimento, refeições e viagens e destinaram os recursos principalmente para a poupança ou fundos de emergência. Mais de metade dos millennials pesquisados adota agora uma abordagem mais arriscada para investir, em comparação com 23% dos entrevistados em todo o país. O banco entrevistou 2 mil adultos com ativos investíveis de 50 mil dólares a 1 milhão de dólares.

"É inegável que esta pandemia gerou um aumento da atividade de trading", disse Levine, que citou o salto de 140% no volume da plataforma Merrill Edge Self-Directed do banco, em relação ao ano anterior.

Entre outros resultados da pesquisa, o tráfego de clientes que visualizam pesquisas e informações educacionais do departamento de investimentos do banco através da Merrill Edge aumentou 25 vezes. Quase 2 milhões de clientes usaram a chamada ferramenta de plano de vida para definir metas financeiras desde o lançamento em outubro. "Nunca tínhamos previsto esta adesão", disse Levine.

Ao procurarem informações sobre o mercado, 65% dos idosos e 59% dos baby boomers visam consultores financeiros, enquanto 51% dos millennials e da geração Z contam com plataformas de investimento online.

Ver comentários
Saber mais Aron Levine Bank of America Estados Unidos poupança
Outras Notícias