Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desde 1973 que o trigo não encarecia tanto num só mês

Os preços do trigo estão a caminho de registar o maior ganho mensal de mais de três décadas.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 30 de Julho de 2010 às 14:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O cereal ganha terreno há quatro dias consecutivos no mercado de futuros de Chicago, devido aos receios de que a seca na Rússia e nalgumas regiões da Europa afectem o fornecimento a nível mundial.

O trigo para entrega em Setembro segue a subir 1,7% para 6,38 dólares por alqueire em Chicago, o preço mais alto desde Junho de 2009. O contrato de Setembro deverá registar um ganho mensal de 33%, o maior desde Agosto de 1973.

Os inventários mundiais de trigo poderão descer 2,5%, para 192 milhões de toneladas, em Junho de 2011, com o prolongamento dos períodos de seca a penalizar as perspectivas para as colheitas na Rússia, Cazaquistão, Ucrânia e União Europeia, referiu o Conselho Internacional de Cereais, citado pela Bloomberg.

A Rússia declarou estado de emergência em 27 regiões de produção de trigo devido à pior seca de pelo menos uma década, o que já afectou pelo menos 10,3 milhões de hectares de colheitas, anunciou hoje o Kremlin.

Os preços do trigo mais do que duplicaram em 1973, no mercado de Chicago, subindo 31% em Julho e 42% em Agosto, depois de os EUA terem vendido cerca de 440 milhões de alqueires (12 milhões de toneladas) de trigo subsidiado à ex-União Soviética entre Julho e Agosto de 1972, relembra a Bloomberg.

As cotações do milho também estão a ganhar terreno na negociação em Chicago, estando previsto que o arroz venha a seguir o mesmo caminho e encarecer bastante. Ou seja, o cabaz alimentar dos portugueses pode começar a pesar mais nas carteiras.

Ver comentários
Outras Notícias