Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP e Jerónimo Martins dão segunda sessão positiva à bolsa portuguesa

O PSI-20 iniciou a sessão de quinta-feira com uma subida de 0,26% e 13 dos títulos em alta. Os ganhos da EDP - depois de apresentar um aumento de 11% nos lucros do trimestre - e dos títulos do retalho sustentam as valorizações.

A carregar o vídeo ...
Paulo Zacarias Gomes paulozgomes@negocios.pt 05 de Maio de 2016 às 08:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A praça portuguesa vive a segunda sessão consecutiva de ganhos, com as acções da EDP - depois de apresentar um aumento de 11% nos lucros do trimestre - e os títulos do retalho, em especial a Jerónimo Martins, a sustentarem as valorizações, em linha com o comportamento das pares europeias.

Às 8:10, o PSI-20 ganhava 0,38% para os 5.030,96 pontos, com 13 títulos positivos, três negativos e dois inalterados. Entre os maiores ganhos estava a Sonae, que somava 0,96% para 0,949 euros, depois de, esta quarta-feira, a Sonae Indústria ter reportado um regresso aos lucros trimestrais sete anos depois e no dia em que a Sonae Capital deverá apresentar resultados. Este título, contudo, está entre as perdas - 0,93% para 0,636 euros.

A outra retalhista do principal índice nacional de acções, a Jerónimo Martins, avançava 0,77% para 14,31 euros. Já a EDP registava ganhos de 0,6% para os 3,189 euros por papel, um dia depois de a eléctrica ter mostrado as contas do trimestre, que se saldaram por um crescimento de 11% nos lucros, para 263 milhões de euros.

A empresa viu o EBITDA relativo ao período entre Janeiro e Março subir 14% para 1.130 milhões de euros, resultado da expansão do portefólio e das condições meteorológicas na Península Ibérica (com muita chuva e vento) e no Brasil. A companhia liderada por António Mexia realiza esta quinta-feira o dia do investidor, onde deverá apresentar as perspectivas de negócio para os próximos quatro anos. 

Na banca, o BPI e o BCP seguiam praticamente inalterados em relação ao valor de fecho de quarta-feira, horas depois de o banco liderado por Fernando Ulrich ter comunicado ao mercado que o catalão CaixaBank - maior accionista do banco português e que lançou nova OPA para tentar controlar a instituição - reforçou recentemente no BPI e detém agora 44,54% do banco.

Na manhã em que as duas unidades de referência para o preço do petróleo nos mercados internacionais (o brent de Londres e o WTI de Nova Iorque) voltam a transaccionar acima dos 45 dólares por barril, os papéis da Galp valorizam 0,34% para 11,86 euros. 

Com ganhos acima de 0,5% estavam NOS e Altri, no dia em que a industrial também mostra contas após o final da sessão bolsista. Mota-Engil e Montepio protagonizavam duas das três quedas do índice, inferiores a 1%.

(notícia actualizada às 8:29 com mais informação)
Ver comentários
Saber mais EDP bolsa mercados PSI-20 lisboa
Outras Notícias