Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo de pensões da Noruega perde 12 anos de ganhos

As perdas sofridas pelo fundo soberano da Noruega no ano passado provocaram a erosão dos ganhos acumulados nos últimos 12 anos. A queda abrupta dos mercados mundiais gerada pela crise financeira causou um rombo de 633 mil milhões de coroas norueguesas (cerca de 73,86 mil milhões de euros) no "Government Pension Fund - Global".

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 31 de Agosto de 2009 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As perdas sofridas pelo fundo soberano da Noruega no ano passado provocaram a erosão dos ganhos acumulados nos últimos 12 anos. A queda abrupta dos mercados mundiais gerada pela crise financeira causou um rombo de 633 mil milhões de coroas norueguesas (cerca de 73,86 mil milhões de euros) no "Government Pension Fund - Global".

Isto, só em 2008. Nunca, desde que o fundo foi criado em 1990, as perdas tinham sido tão acentuadas.

E o tombo teve consequências. O Norges Bank Investment Management, entidade que integra o banco central da Noruega e que tem sob a sua alçada a responsabilidade do fundo soberano , nomeou uma nova equipa para gerir o "Government Pension Fund". Nem mesmo a recuperação de parte das perdas no segundo trimestre deste ano, após a valorização de 12% obtida com a escalada das bolsas, foi suficiente para convencer o Norges Bank a manter a anterior equipa.

Além da promoção de três gestores que já faziam parte da anterior administração do fundo - Bengt Eng, Trond Grande e Age Bakker -, o Norges Bank contratou também Mark Clemens do Citigroup e Jessica Irschick do UBS, revelou o banco norueguês num comunicado citado pela agência Bloomberg.

O fundo soberano - que difere dos fundos de investimento mais comuns pelo facto de ter como único accionista o Estado - da Noruega foi criado em 1990, tendo como dotação financeira as receitas geradas pelo petróleo. Hoje gere activos que totalizam 2,47 biliões de coroas (aproximadamente 290 mil milhões de euros).

A missão prioritária do "Government Pension Fund - Global" é criar uma almofada financeira que garanta as pensões de reforma de uma economia onde o envelhecimento da população está a progredir muito rapidamente. O fundo soberano tem ainda outro objectivo. A percepção de que as reservas de crude não são eternas, levou o Governo do país a criar já uma reserva financeira que permita manter o nível de robustez económica e de qualidade de vida quando as bolsas de crude se esgotarem naquele país, um dos maiores exportadores mundiais de petróleo da actualidade.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias