Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Icahn e Mickelson investigados por crime de informação privilegiada

As autoridades norte-americanas procuram determinar o envolvimento do investidor milionário Carl Icahn, o jogador de golfe Phil Mickelson, e William Walters num esquema de "inside trading".

8 - Carl Icahn
Bloomberg
Negócios 02 de Junho de 2014 às 11:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O FBI e a entidade reguladora do mercado de capitais norte-americano (SEC – Securities and Exchange Comission) estão a investigar o investidor milionário Carl Icahn (na foto), o jogador de golfe Phil Mickelson e o apostador de Las Vegas William Walters pela alegada prática de "inside trading" (uso de informação privilegiada).

 

Os investigadores federais procuram determinar se Mickelson e Walters terão operado ilegalmente com informações privilegiadas fornecidas por Icahn sobre os seus investimentos em empresas públicas, disse uma fonte não identificada à Reuters, confirmando a notícia que foi avançada na sexta-feira pelo Wall Street Journal.

 

A investigação baseia-se em operações suspeitas com acções de várias empresas, incluindo da Clorox, por Walters e Mickelson, um dia antes de Icahn anunciar uma oferta para adquirir a empresa em 2011, de acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes próximas da investigação.

 

Contudo, e de acordo com o mesmo jornal, o facto de a investigação se ter tornado pública está a comprometer os esforços dos investigadores que pretendiam recorrer a escutas telefónicas para conseguir provas contra os investidores.

 

No sábado, em declarações aos jornalistas durante um torneio de golfe, Mickelson garantiu não ter feito "absolutamente nada de errado", estando a "cooperar plenamente com os agentes do FBI".

 

Icahn, por seu turno, disse à Reuters que não tinha conhecimento de qualquer investigação e que sempre cumpriu a lei. O famoso investidor reconheceu uma relação comercial com Walters, mas garantiu que não conhece Mickelson pessoalmente.

Ver comentários
Saber mais FBI Exchange Comission Carl Icahn Phil Mickelson Wall Street Journal corrupção crime económico investigação
Outras Notícias