Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ressaca dos testes de stress do BCE condiciona mercados

O impacto dos resultados dos testes de stress aos bancos europeus será sentido esta semana. Os investidores vão estar também com atenção aos resultados das empresas, sem descurar a política monetária dos EUA.

Bloomberg
Negócios 27 de Outubro de 2014 às 10:17
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Segunda, 27

 

Banca
Rescaldo dos testes de stress na bolsa


Esta segunda-feira é a primeira sessão após a divulgação dos resultados dos testes de stress do Banco Central Europeu a 130 instituições deste continente. Os bancos que não superarem a avaliação da entidade liderada por Mario Draghi poderão ser penalizados pelos investidores no mercado. BCP, BPI e CGD foram os bancos portugueses avaliados pelo BCE.

 


Terça, 28

 

Resultados
Facebook dá a conhecer as contas aos "amigos"


Depois da banca, muitas tecnológicas norte-americanas têm vindo a apresentar as suas contas aos investidores. Esta terça-feira, é a vez do Facebook revelar os resultados aos investidores. Os lucros, antecipam os analistas consultados pela Bloomberg, deverão ter aumentado 74% no terceiro trimestre, face ao período homólogo de 2013. A confirmar-se a evolução, os investidores deverão dizer "gosto" às acções.

 


Quarta, 29

 

Política monetária
FED dividida sobre fim de compra de activos


Às 18 horas, hora de Lisboa, a Reserva Federal Norte-Americana publica as conclusões da reunião do Comité Política Monetária. Nas últimas semanas, o que parecia ser certo, o fim do programa de compra de activos, gerou divisões entre os governadores regionais da Fed. No dia seguinte, a presidente da Fed, Janet Yellen, discursa em Washinghton, sendo expectável que comente a política monetária que está a ser seguida nos EUA.

 

 

Resultados
EDP Renováveis e jerónimo apresentam contas


A EDP Renováveis e a Jerónimo Martins revelam os resultados após o fecho da bolsa de Lisboa. As expectativas dos analistas perante as duas empresas é antagónica. Enquanto a empresa de energias renováveis liderada por João Manso Neto deverá anunciar um crescimento dos resultados, há dúvidas quanto às contas da retalhista dirigida por Pedro Soares dos Santos. A retalhista enfrenta um clima de deflação nos produtos alimentares nos principais mercados, Portugal e Polónia, o que deverá levar a uma descida dos lucros de 7% para 107 milhões de euros, segundo os analistas do CaixaBI.

 


Quinta, 30

 

Economia
Sentimento económico menos favorável na União Europeia


Os dados da Comissão Europeia são publicados na quinta-feira e deverão mostrar nova desaceleração na confiança que os consumidores têm na economia da União Europeia. O indicador de sentimento deverá voltar a recuar em Outubro, passando dos 99,9 em Setembro para 99,7 pontos no mês passado.

 

 

Economia
Pib norte-americano desacelera


Dois dias depois de ser revelado o indicador de confiança da Universidade do Michigan, que terá subido, os EUA deverão ficar a saber que o crescimento económico desacelerou no terceiro trimestre face aos três meses anteriores. A primeira estimativa deverá indicar um recuo de 4,6% para 3% no PIB norte-americano. O anúncio está marcado para quinta-feira antes da abertura das bolsas.

 


Sexta, 31

 

Economia
Inflação na zonaeuro recupera


O Eurostat divulga às 10 horas a estimativa rápida para o índice de preços no consumidor em Outubro. Os analistas antecipam uma ligeira subida para 0,4% face aos 0,3% verificados em Outubro. A confirmar-se, esta recuperação será bem vista pelos mercados, com os efeitos das medidas do BCE para aproximar a taxa de inflação do objectivo a médio-prazo (2%).

 

Ver comentários
Outras Notícias