Mercados num minuto Abertura dos mercados: Bolsas europeias e petróleo em alta, euro cai

Abertura dos mercados: Bolsas europeias e petróleo em alta, euro cai

As praças do Velho Continente iniciaram a sessão desta quarta-feira em alta ligeira, uma tendência que é acompanhada pela praça de Lisboa. O euro recua, na véspera da reunião de política monetária do BCE. O petróleo negoceia abaixo dos 40 dólares.
Abertura dos mercados: Bolsas europeias e petróleo em alta, euro cai
Bloomberg
Inês F. Alves 09 de março de 2016 às 08:42

Os mercados em números

PSI-20 avança 0,56% para 4.887,25 pontos

Stoxx 600 ganha 0,25% para 338,34 pontos

Nikkei desvalorizou 0,84% para 16.642,20 pontos

Juros da dívida portuguesa a 10 anos avançam 1,0 pontos base para 3,176%

Euro perde 0,40% para 1,0967 dólares

Petróleo de Londres ganha 0,45% para 39,83 dólares por barril


Bolsas europeias em alta

As bolsas europeias abriram esta manhã em alta ligeira, numa altura em que os investidores aguardam mais uma reunião do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE).

Escreve a Bloomberg que Mario Draghi está a ter dificuldade em convencer os mercados de que a instituição europeia tem o poder de fogo necessário para estimular o crescimento económico da Zona Euro.

Todavia, a expectativa dos economistas consultados pela agência é de que o BCE anuncie amanhã a expansão do seu programa de compra de activos e um corte nos juros.

"Não será fácil a Draghi trazer de volta a confiança na recuperação [económica]", considera Andreas Nigg, estrategista da Vontobel Asset Management, em Zurique. "O crescimento e a inflação na Europa continuam presos em níveis baixos e as estimativas de resultados continuam a cair. O mercado precisa de melhores estimativas e melhores surpresas do ponto de vista económico", acrescentou.

Por cá, o dia é marcado pela tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República. O PSI-20, principal índice nacional, avança 0,56% para 4.887,25 pontos, impulsionado pela Jerónimo Martins e pela EDP. A retalhista sobe 1,43% para negociar nos 13,83 euros por acção, enquanto a energética soma 0,68% para negociar nos 2,793 euros.

Juros a 10 anos nos 3%

Os juros da dívida soberana portuguesa a 10 anos estão a avançar no mercado secundário 1,0 ponto base para 3,176%, acompanhando a tendência da "yield" espanhola para a mesma maturidade, que soma 1,2 pontos base para 1,580%. Na Alemanha, os juros da dívida a 10 anos soma 3,0 pontos base para 0,212%.

De recordar que o IGCP, a quem compete assegurar o financiamento e a gestão da dívida pública, realiza esta quarta-feira um duplo leilão de obrigações do Tesouro.

Euro recua com investidores a aguardar pelo BCE

A moeda única europeia está a cair 0,40% para 1,0967 euros, numa altura em que quase três quartos dos economistas consultados pela Bloomberg antecipam que o Banco Central Europeu anuncie amanhã uma expansão do seu programa de compra de activos e um corte nas taxas de juro.

Petróleo de Londres negoceia acima dos 39 dólares por barril

O Brent de Londres, preço de referência para a Europa, soma 0,45% para 39,83 dólares por barril. O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, avança 0,30% para os 36,61 dólares.

A impulsionar os preços está o recuo das estimativas de produção da Energy Information Administration para este ano, numa altura em que os produtores norte-americanos reduzem o número de poços activos com o objectivo de poupar dinheiro.

Já os inventários aumentaram em 4,4 milhões de barris na última semana, informou o American Petroleum Institute. Por outro lado, as conversações entre os países produtores de petróleo, nos quais se incluem a Rússia e a Arábia Saudita, sobre um eventual congelamento da produção estão também a ajudar a estimular os preços, escreve a Bloomberg.

Ouro recua face a avanço do dólar

A matéria-prima cai 0,35% para 1.257,00 dólares numa altura em que os investidores aguardam a reunião desta quinta-feira do conselho de Governadores do Banco Central Europeu. A expectativa é que os responsáveis pela política monetária da Zona Euro persistam numa política de juros baixos, beneficiando a moeda norte-americana.

Destaques do dia

Colocar Novo Banco na bolsa é tarefa difícil, dizem os especialistas. Ao mesmo tempo que tenta encontrar um comprador para avançar com a venda directa, o Banco de Portugal conta iniciar o processo para uma eventual entrada em bolsa.

Montepio no PSI-20? "Não é o mais interessante para os investidores". Corticeira Amorim e Sonae Capital foram promovidas ao índice de referência, mas a surpresa foram as unidades de participação do fundo do banco liderado por Félix Morgado. Uma surpresa que não é bem recebida pelo mercado.

Rentipar põe Banco de Portugal em tribunal. A antiga dona do Banif entrou com um processo no Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa contra o regulador. O motivo é, segundo o Expresso, acesso a documentação sobre a resolução do banco.

Banco de Portugal pode ganhar dois novos administradores. Carlos Costa pode aproveitar a saída de António Varela para reforçar a sua equipa com dois administradores. Pela lei da instituição, há três lugares disponíveis. Novas regras de nomeação aconselham escolha de mulheres.

O que vai acontecer hoje

Fundo Soberano da Noruega. O Fundo Soberano da Noruega divulga os investimentos realizados em 2015.

IGCP. IGCP realiza duplo leilão de obrigações do Tesouro.

Alemanha. Balança comercial, em Janeiro [anterior: 18,8 mil milhões de dólares; estimativa: 17,5 mil milhões de dólares] 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI