Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fitch sobe "rating" da Ucrânia

Agência de notação financeira retirou o país de “incumprimento restrito” depois do acordo com credores para atrasar pagamento da dívida

Negócios com Bloomberg 18 de Agosto de 2022 às 10:38
  • Partilhar artigo
  • ...

A Fitch Ratings subiu esta quarta-feira a notação financeira da Ucrânia de "default", ou incumprimento, para o nível CC. A revisão em alta deveu-se a um acordo alcançado pela Ucrânia com os seus credores, para atrasar o pagamento da dívida.

Segundo a Bloomberg, a classificação de "rating" do país foi elevada de RD (restricted default, ou incumprimento restrito) para CC, depois de os detentores de títulos concordarem em adiar cerca de seis mil milhões de dólares (equivalente a 5,9 mil milhões de euros) em pagamentos durante dois anos em meio, devido às necessidades de gastos relacionados com a guerra.


"Apesar desse alívio do serviço da dívida, o rating 'CC' reflete os riscos de sustentabilidade da dívida não resolvidos resultantes do ataque da Rússia e das finanças públicas e externas altamente stressadas da Ucrânia e da posição macrofinanceira", explica um comunicado da Fitch citado pela Bloomberg.


No passado dia 12 de agosto, a Ucrânia tinha sido alvo de uma revisão em baixa da notação financeira tanto pela S&P Global Ratings como pela Fitch, depois de os credores internacionais concederem uma moratória de dois anos para a sua dívida externa, avaliada em 20.000 milhões de dólares (cerca de 19.500 milhões de euros). Na S&P Global Ratings, o "rating" continua, para já, no incumprimento seletivo.

Ver comentários
Saber mais Ucrânia CC Fitch Ratings Bloomberg economia negócios e finanças macroeconomia
Outras Notícias