Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Os temas da semana explicados em vídeo pelo Negócios

Esta semana o Negócios escolheu cinco temas para explicar em poucas palavras. Reveja os vídeos.

Negócios 06 de Junho de 2015 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • ...

O Negócios escolheu cinco temas, durante esta semana, para explicar em poucas palavras. Reveja, agora, as explicações de alguns dos temas que marcaram a semana.

 

Os accionistas da PT SGPS estiveram reunidos no dia 29 de Maio, tendo aprovado a mudança de nome para Pharol, as contas e os estatutos. Sara Ribeiro, jornalista do Negócios, explica quais as principais alterações aprovadas e que impactos terão.

 

Entretanto a PT SGPS desapareceu da bolsa nacional, tendo quinta-feira, 4 de Junho, sido a última sessão. Na sexta-feira "estreou-se" a Pharol. As acções da PT SGPS iniciaram a negociação em bolsa 1995, tendo cotado a valer pouco menos de 2,40 euros. Nestes 20 anos perdeu praticamente 80% do seu valor. Reveja os momentos mais marcantes da PT SGPS.

Em destaque esteve também o facto de a banca estar a contestar a taxa solidária sobre este sector e que foi criada em 2011.  A receita da taxa especial criada em 2011 por Teixeira dos Santos para "pôr os bancos a pagarem finalmente os impostos que deviam" ameaça evaporar-se. A sociedade de advogados Garrigues lidera os processos judiciais do sector financeiro contra o Estado. Elisabete Miranda, redactora principal do Negócios, explica o que está em causa. 

Com este imposto, o Estado já arrecadou 760 milhões em cinco anos. Desde 2013, receita passou a financiar o Fundo de Resolução da banca.

Nos mercados, analisou-se a operação do BCP de troca de obrigações por acções, através da qual pretende reforçar os seus rácios de capital. Pode ser um bom negócio, mas não ser adequará ao perfil de todos os que desde 2008 são credores da instituição liderada por Nuno Amado. Paulo Moutinho, editor de Mercados do Negócios, fala sobre esta operação.  

Trocar ou não trocar, eis a questão com que muitos clientes do banco se estão a debater no seguimento de cartas e telefonemas dos gestores de conta. Não há uma resposta para todos. Depende do tipo de investidor, mas também da perspectiva relativamente ao BCP. Conheça as razões a favor e contra. 

 

O que tem sustentado a  recuperação da economia portuguesa foi outro tema analisado esta semana. A construção puxa pelo investimento e o consumo privado deu o principal contributo para o crescimento da economia. Os especialistas dizem que vícios da economia não regressaram. Nuno Aguiar, jornalista do Negócios, explica o que tem marcado a evolução da economia.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais negócios num minuto PT SGPS Pharol BCP taxa sobre a banca taxa solidária PIB economia
Outras Notícias