Outros sites Cofina
Notícia

Férias boas e baratas

A moda é poupar, em tudo o que se consegue e com ideias criativas, que juntem o bom com o barato. Desafiámos por isso a comunidade dos nossos leitores que nos enviassem as suas sugestões de férias boas e baratas.

Negócios 29 de Agosto de 2013 às 15:36
Miguel Baltazar/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Eis algumas das que seleccionámos. Desde ficar em casa até dormir no carro na praia, temos ideias para todos os gostos. Destacam-se as propostas de passeios a pé pelas várias rotas em reservas naturais que Portugal tem. E ainda o caminho de Santiago. Ideias originais ou que nos lembram que há muito a conhecer em Portugal, por vezes mesmo ao lado de casa, e que agradecemos aos nossos leitores.

 

 

 

 



Uma caravana pode ser um bom investimento


Isaura Almeida

Levar tudo, ou quase tudo de casa.
Ter uma autocaravana ainda é o melhor. Está claro que de inicio é um grande investimento, mas ao fim de 10 anos está amortizado, especialmente se for uma família com mais de 2 filhos.
Fazer o percurso ao longo da costa e descobrir praias com poucas pessoas
Sempre podem ficar num hostal, a partir de 15€ por dia para cada pessoa, só dormida e pequeno almoço.

 

 

 



Um passeio de bicicleta e um piquenique


Ângela Maria Jacob Carvalho

A tua casa.
Dormir na tua cama.
Com a tua Família de bicicleta ou a pé no parque mais próximo com uma cesta de piquenique com muita fruta, água e pastéis de bacalhau.
À noite pode sempre procurar um teatro, festa popular ou uma bebida qualquer a ver o pôr do sol.

 

 

 



Dormir nas pousadas da Juventude


Júlio Fernando Barros da Costa

Alfama Grill. em Lisboa. Boa comida, boa música.
Pousadas da Juventude de Portugal. Para desmistificar que estas pousadas foram criadas apenas para jovens sugiro a consulta ao site onde podem ver que existem quartos para casais bem baratos. O melhor de tudo é que ficam localizadas centralmente. Exemplo: Pousada da Juventude da Madeira.
Para turistas e residentes em Lisboa: fazer a viagem do completa do eléctrico 28. Com apenas um bilhete é possível conhecer as zonas mais antigas e bonitas da cidade.
Visitar a colecção Berardo no CCB.

 

 

 



O caminho de Santiago


António Calado da Costa

Albergue do Padre Ernesto em Güemes.
Mosteiro de Sobrado dos Monxes.
Caminho de Santiago. 
A minha opção deste ano, que não teve como objectivo o "low cost" mas que é uma experiência diferente e que no fim, o resultado, foram uma férias divertidas, diferentes e muito baratas. A sugestão é efectuar a pé ou de bicicleta (a minha opção) o Caminho de Santiago. Para os meses de Verão a melhor opção é o Caminho Del Norte (início em Irún).

 

 

 



Conhecer os sítios à volta da sua casa


João António Cabral e Costa

Faça sandes e compre comida no supermercado.
Dormir em casa de amigos.
Fazer um passeio em Portugal.
Conheça sítios perto de onde more.

 

 

 



Dormir no carro à beira mar


Hélder Martins

Piquenique na praia ao pôr do sol com pizza, um bom espumante e morangos para sobremesa.
No carro, à beira mar.
À beira mar ao nascer do Sol ou ao pôr do Sol
Desfrutar a praia durante o dia.

 

 

 



Nos trilhos da serra do Gerês


Liliana Coelho

São Barnabé em Tondela. Tem uma chanfana de borrego excelente.
Quinta de Tourais.
Nos trilhos, a pé da Serra do Gerês.
Cruzeiro da Régua ao Pocinho com almoço a bordo e descida de comboio a ver o pôr do sol.

 

 

 



No parque das Águas em Odemira


Paulo Mendes

O Cruzamento em Grândola
A Toca do Grilo na zona do Carvalhal.
Quando o calor aperta ir ao Parque das Águas. É um amplo espaço verde, localizado na povoação de Boavista dos Pinheiros a 3,5 km de Odemira.
Estufa Fria, em Lisboa.

 

 

 



Um passeio pela serra do Açôr


Filipe Silva

Restaurante bom e barato: Eurotrópico, na rua António José de Almeida, em Coimbra.
Parque de campismo de São Gião. Pequenos apartamentos e casas de pedra, por 32,5€ por noite. Com cama de casal e sofá-cama.
Um passeio pela serra do Açôr, suas belas praias fluviais, Piodão e Fraga da Pena.
Visita à serra da Estrela e ao vale do Zêzere.

 

 

 



As férias são apenas pausa no trabalho


Ana Pereira

A casa da minha cunhada Fátima... que cozinha como ninguém.
No meu quarto.
À volta de casa.
As férias são apenas uma pausa no trabalho o que não implica ir para longe e gastar um horror de dinheiro.

 

 

 



Em Lisboa, conheça a nova zona da Ribeira das Naus 


Helena Figueiredo

Restaurante Mexicano em Alvor. Muito boa comida mexicana, servida em quantidade e bastante mais barato do que a generalidade dos restaurantes deste tipo. Preço médio de uma refeição com entrada, sobremesa, bebida e café 9/10 euros.
No Hotel Navegadores em Monte Gordo, a 200 m da praia, com excelente relação qualidade preço. Dormidas a partir de 20 euros noite.
Se vive na capital, nada como aproveitar as ciclovias. Pode ir até Monsanto, ou conhecer a nova zona do Tejo, junto à Ribeira das Naus, e aproveitar o rio e o Terreiro do Paço. Se tiver fome e quiser fazer uma pausa, apesar de ser uma zona muito turística, encontra nas ruas transversais até ao Rossio, vários restaurantes com menus a 4/5 euros ao almoço.
Ainda na capital, aproveite os domingos para ver aquele museu que anda a adiar, aproveite os concertos "out jazz" ao ar livre. Se preferir ar livre ou praia, a capital tem óptimas praias a uma distância relativamente curta: Costa da Caparica, Sesimbra, Cascais, Guincho...

 

 

 



Pelas rotas do Parque de Montesinho


Luís Correia

Restaurante "Casa da Lua", almoço desde 6 euros, em Cova de Lua, Bragança.
Casa Pascoal, alojamento local, no coração do parque natural de Montesinho, com quartos desde 25 euros por noite. 
Passeio Pedestre "Ornal" e a "Rota do Contrabando", em Vilarinho, no Parque Natural de Montesinho.
Uma experiência com a natureza, uma visita ao Parque Natural de Montesinho.

 

 

Mais notícias