Weekend Henrique Vieira Ribeiro: “Idealmente, a arte deve ser feita sem qualquer objetivo”
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Henrique Vieira Ribeiro: “Idealmente, a arte deve ser feita sem qualquer objetivo”

“Durante muitos anos, fui pintor de fim de semana, mas cheguei a um ponto em que percebi que estava a desperdiçar o meu tempo, e o tempo é tão valioso: o bilhete é só um, não se renova”, diz Henrique Vieira Ribeiro, autor de uma instalação que está no MNAC até 15 de setembro, e que nos faz pensar sobre a utilidade ou inutilidade de acumularmos, organizarmos, deixarmos um arquivo.
Henrique Vieira Ribeiro: “Idealmente, a arte deve ser feita sem qualquer objetivo”
João Miguel Rodrigues
Susana Moreira Marques 05 de julho de 2019 às 14:45

Durante cinco anos, Henrique Vieira Ribeiro apropriou-se de uma coleção de um familiar que era radioamador. Descobriu que as pessoas podiam passar milhares de horas das suas vidas sem um objetivo muito claro. Que talvez passar

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI