Autarquias Cascais ultrapassa Braga no ranking dos melhores municípios

Cascais ultrapassa Braga no ranking dos melhores municípios

A Bloom Consulting elaborou, pelo quarto ano consecutivo, o ranking dos melhores municípios para viver, fazer negócios e passear. Lisboa volta a liderar a lista, o Porto está logo a seguir, e Cascais rouba o último lugar do pódio a Braga, que desce para a quarta posição.

Lá na frente, tudo na mesma: pelo quarto ano seguido, o município de Lisboa foi eleito o melhor para viver, fazer negócio e passear pelo estudo City Brand Ranking da Bloom Consulting. A capital lidera este indicador desde 2014. Tal como nas edições anteriores, o Porto é considerado o segundo melhor município do país. Mas 2017 traz pelo menos uma surpresa: Braga perde o terceiro lugar para Cascais, que vence nas componentes de turismo e de qualidade de vida.

 

Os municípios de Faro e Setúbal entraram para o top 10, para o nono e décimo lugares, respectivamente, de onde saíram Guimarães (passa para o 14º lugar) e Aveiro (11º).

Chamusca (45 posições, para 209.º), Belmonte (29 posições, para 185.º) e Vinhas (28 lugares, para a 235.ª posição) protagonizam as maiores subidas face a 2016. Já São Brás de Alportel, que cai 47 lugares para a 238.ª posição, bem como Campo Maior (desce 34 lugares para 216.º) e Nisa (recua 33 lugares para 231.º) são os municípios que apresentam uma pior performance em relação ao ano passado.

Estes dados são especialmente relevantes porque permitem perceber qual foi a evolução dos municípios em cada um dos anos do actual ciclo no poder local - recorde-se que as eleições autárquicas estão marcadas para 1 de Outubro.

 

O ranking da Bloom Consulting é construído fazendo o cruzamento de vários dados estatísticos relativos às três áreas-chave (negócios, visitar e viver) com as pesquisas que são feitas na internet sobre cada município. A consultora também mede a presença na web de cada município, em particular o número de seguidores que cada um tem nas redes sociais.

 

O objectivo é medir a força da marca de cada cidade portuguesa, para que seja possível compará-las nas diferentes dimensões.

 

No estudo, o CEO da Bloom Consulting, José Filipe Torres, diz que em 2017 se assiste a "uma evolução global de performances sem precedente, reveladora do crescente interesse por parte dos municípios portugueses na procura da sua identidade, activos únicos e extraordinárias condições para atrair trabalhadores, estudantes, talento, turistas, empreendedores e investidores para os seus territórios".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI