Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Outdoors ilegais lesam autarquias em 10 milhões por ano

Maior concentração de "outdoors" ilegais encontra-se na região norte, em particular em autarquias afastadas dos grandes centros. Falta de recursos, desleixo e passividade das câmaras são as três principais razões apontadas para a falta de fiscalização.

Miguel Baltazar
Negócios jng@negocios.pt 28 de Novembro de 2022 às 08:54
Os municípios portugueses perdem cerca de 10 milhões de euros em receitas anuais com "outdoors" ilegais, avança esta segunda-feira o Diário de Notícias. A falta de recursos municipais, desleixo e passividade das autarquias são as três principais razões apontadas para a falta de fiscalização.

As conclusões constam de um estudo a que o DN teve acesso. A maior concentração de "outdoors" ilegais encontra-se na região norte, em particular em autarquias afastadas dos grandes centros. Só os municípios de Gondomar, Santa Maria da Feira e Vila do Conde têm "à volta de 40 painéis ilegais nos terrenos municipais", segundo fonte de uma autarquia do norte.

Ver comentários
Saber mais autarquias outdoors municípios grandes centros recursos fiscalização terrenos
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio