Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Camas covid nos cuidados intensivos não devem ir além das 240

O número elevado de pessoas que continuam nos cuidados intensivos é uma das principais razões para que o Governo não queira ouvir falar para já em desconfinamento. Os números mostram uma evolução positiva, mas a pressão sobre o SNS continua muito alta.

Os especialistas que participaram na reunião do Infarmed continuam preocupados com a pressão sobre o SNS.
Os especialistas que participaram na reunião do Infarmed continuam preocupados com a pressão sobre o SNS. Alexandre Azevedo
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2021 às 22:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O objetivo para o país deverá ser o de ter “menos de 242 doentes com covid-19 internados em medicina intensiva, pelo menos 285 camas dedicadas a estes doentes e a possibilidade de conseguirmos manter uma atividade normal não-covid com 629 camas”. A meta foi lançada esta segunda-feira por João Gouveia, especialista em medicina intensiva, um dos peritos que participou na reunião sobre a situação epidemiológica do paí

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais JOÃO GOUVEIA Portugal Infarmed Baltazar Nunes Marta Temido UCI política saúde
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias