Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Segunda vaga da pandemia é muito menos mortal do que a primeira

O crescimento dos contágios na segunda vaga é muito maior do que na primeira, mas a letalidade e a mortalidade são também muito menores. Cálculos do Negócios mostram que a taxa de letalidade da primeira vaga foi, em média, 13 vezes superior ao que agora se verifica. Esta é a notícia boa. A má é que Portugal deixou de ser, nesta nova onda de contágios de covid-19, um dos países europeus onde esta doença é menos letal. A grande preocupação agora é garantir que os serviços de saúde não entram em colapso, o que levaria a um grande aumento da mortalidade.

Reuters
Manuel Esteves mesteves@negocios.pt 29 de Outubro de 2020 às 07:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

É impossível não ficar impressionado quando se olha para a curva de novos contágios em Portugal e em quase todos os países europeus. No entanto, esta curva conta-nos menos do que pode parecer à primeira vista. É que, e ao contrário do que sucedeu na primeira vaga, este crescimento não é, para já, acompanhado por um aumento equivalente no número de mortes nem por níveis elevados de letalidade. Pelo contrá

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Portugal Miguel Castanho Espanha saúde doenças segunda vaga pandemia mortalidade casos letalidade Alemanha Suíça Bélgica
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias