Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bombeiros no combate a incêndios não receberam salário de junho

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil está sem dinheiro para pagar as despesas relativas ao dispositivo especial, apontando o dedo ao Ministério das Finanças.

Negócios jng@negocios.pt 06 de Julho de 2020 às 09:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os bombeiros que integram o chamado Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais (DECIR) não receberam os salários de junho, com a Proteção Civil a apontar o dedo ao Ministério das Finanças.

 

Em causa estão quatro milhões de euros que deveriam ter sido transferidos para a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), que está sem dinheiro para cumprir as suas obrigações, noticia o Público esta segunda-feira, 6 de julho.

 

Em resposta à agência Lusa, o Ministério da Administração Interna lamenta o ocorrido e reconhece constrangimentos administrativo-financeiros que não são habituais, deixando ainda a promessa de regularizar a situação em breve.

 

A Associação Nacional de Bombeiros e Agentes de Proteção Civil, citada pela TSF, também já criticou o que considera ser uma "situação deplorável que devia estar previamente acautelada" na fase de pandemia em que o país se encontra.
Ver comentários
Saber mais incêndios bombeiros salários proteção civil administração interna ministério das finanças
Mais lidas
Outras Notícias