Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cem anos depois, ainda persistem danos da gripe espanhola

A conclusão é de um estudo de Sergio Gallleta, professor de Economia na Universidade de Bergamo, e de Tommaso Giommoni, investigador na ETH Zurich.

Em Itália, ainda é possível encontrar efeitos da gripe espanhola.
Em Itália, ainda é possível encontrar efeitos da gripe espanhola. Guglielmo Mangiapane/Reuters
Margarida Peixoto margaridapeixoto@negocios.pt 18 de Março de 2021 às 12:00
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Passados 100 anos, o impacto da pandemia de gripe espanhola ainda perdura nos níveis de desigualdade em Itália. A conclusão é de um estudo de Sergio Gallleta, professor de Economia na Universidade de Bergamo, e de Tommaso Giommoni, investigador na ETH Zurich. Os dois investigadores concluíram que os municípios mais atingidos pela doença foram também aqueles onde os níveis de desigualdade mais cresceram – e ainda não recuperaram.

...

Ver comentários
Saber mais Itália Tommaso Giommoni Sergio Gallleta Universidade de Bergamo saúde
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias