Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Centro de Pensões em Entrecampos alarga horário e exige marcação prévia

De 4 de Abril em diante, o Centro Nacional de Pensões, em Entrecampos, passará a funcionar mediante agendamento prévio. Ao todo, no país, já há 77 serviços da Segurança Social com este sistema, que está em expansão.

Carlos Manuel Martins
Negócios 18 de Março de 2016 às 17:06
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...

Os serviços de atendimento do Centro Nacional de Pensões (CNP) situados em Entrecampos, em Lisboa, vão passar a funcionar durante mais 45 minutos por dia, mas vão exigir marcação prévia. As novas regras aplicam-se do dia 4 de Abril em diante, podendo os agendamentos ser feitos já a partir do próximo dia 21 de Março.

 

Numa nota enviada às redacções, o Instituto de Segurança Social (ISS) informa que "a partir do dia 21 de Março, os cidadãos devem marcar o seu atendimento através do portal da Segurança Social, em www.seg-social.pt, possibilitando a marcação do atendimento de forma cómoda e sem custos associados para o cidadão. Podem também ligar o 300 502 502, dias úteis, das 9:00 às 17:00, e agendar com antecedência o atendimento para o dia e a hora mais convenientes".

 

Este novo sistema entra em funcionamento a 4 de Abril, com os horários de atendimento dos oito postos de atendimento serem alargados das 16:00 para as 16:45.

 

Segundo o ISS, continua a haver espaço para alguns atendimentos espontâneos (sem marcação) para tudo quanto seja "entrega de documentos/requerimentos, a alteração de morada para portadores de Bilhete de Identidade, a alteração do modo de pagamento e a alteração/inclusão de Procurador".

 

O serviço informativo do entro Nacional de Pensões passa, assim, a ser o sexto espaço da Segurança Social em Lisboa a funcionar mediante marcação prévia dos beneficiários. Os outros são o Areeiro, os serviços locais de atendimento de Algés, Loures e Amadora, e o Serviço Informativo de Protecção contra os Riscos Profissionais.

 

Ao todo, a nível nacional, há já 77 serviços com este sistema, com o ISS a destacar a maior comodidade e humanização do atendimento, que evita que os utentes fiquem retidos em demoradas filas de espera.

No ano passado, os serviços fizeram 291.333 marcações de atendimento, 250.055 por telefone e 41.278 através da internet. Só no Centro Nacional de Pensões, no mesmo período, foram efectuadas 13.168 marcações de atendimento, adianta o Instituto. 

Ver comentários
Saber mais Segurança Social atendimento Centro nacional de Pensões Lisboa
Outras Notícias