Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Frasquilho já ocupa a cadeira do poder na AICEP

Primeiro-ministro assinou a 24 de Abril a nomeação da administração da agência responsável pela diplomacia económica, em que se estreiam também Luís Castro Henriques e Pedro Ortigão Correia.

Bruno Simão/Negócios
Negócios negocios@negocios.pt 29 de Abril de 2014 às 11:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 41
  • ...

Miguel Frasquilho ocupou esta segunda-feira, 28 de Abril, pela primeira vez a cadeira de presidente da AICEP, Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, o que aconteceu no primeiro dia útil depois de Pedro Passos Coelho assinar a resolução que confirmou no cargo o ex-deputado social-democrata e quadro superior do BES.

 

O sucessor de Pedro Reis – que ocupava o lugar desde Dezembro de 2011 e já elogiou esta “excelente escolha” – manterá na equipa os anteriores vogais executivos José Vital Morgado e Pedro Pessoa e Costa, entrando para este órgão o director adjunto de marketing do grupo EDP, Luís Castro Henriques, e o até agora administrador da sociedade de consultoria financeira ASK, Pedro Ortigão Correia.

 

A nova direcção da agência pública, que está desde Agosto na tutela do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, passou pelo crivo da Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CReSAP), que se pronunciou favoravelmente sobre as nomeações constantes na resolução publicada esta terça-feira em Diário da República. A escolha para o lugar de presidente confirma a regra de que a confiança política continua a ser um factor importante na liderança da AICEP.

 

Miguel Frasquilho, nascido em 1965, licenciou-se em Economia na Universidade Católica Portuguesa e esteve, entre 2002 e 2003, como secretário de Estado do Tesouro e das Finanças no Governo liderado por Durão Barroso. Era vice-presidente da bancada parlamentar do PSD e director-coordenador da Espírito Santo Research, uma unidade do BES.

Ver comentários
Saber mais AICEP Miguel Frasquilho administração nomeação Passos Coelho diplomacia económica
Outras Notícias