Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Homem mais rico da Ásia aumenta fortuna em 17 mil milhões de dólares

2019 foi um bom ano para Mukesh Ambani, o homem mais rico da Ásia.

Reuters
Bloomberg 04 de Janeiro de 2020 às 17:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O magnata indiano elevou a sua fortuna em quase 17 mil milhões de dólares em 2019, o maior aumento de património na Ásia. Com isto, a fortuna de Ambani agora soma cerca de 61 mil milhões de dólares, segundo o Índice de Bilionários Bloomberg. Em comparação, o fundador do Alibaba, Jack Ma, aumentou o património líquido em 11,3 mil milhões de dólares, enquanto Jeff Bezos, da Amazon, perdeu 13,2 mil milhões.

 

O aumento da fortuna de Ambani no ano passado foi impulsionado por um salto de 38% das ações do seu conglomerado Reliance Industries, agora mais focado em ofertas aos consumidores do que na refinação de petróleo e petroquímica, a maior unidade do grupo. A subida das ações é mais do que o dobro do ganho registado no mesmo período pelo S&P BSE Sensex, índice de referência da Índia.

 

Investidores apostam na Reliance com a expectativa de que os negócios mais novos da empresa, nos setores de telecomunicações e retalho, poderão em breve gerar valor. Com o objetivo de criar uma gigante de comércio eletrónico na Índia para desafiar empresas como a Amazon, Ambani investiu quase 50 mil milhões de dólares - principalmente através de dívida - numa operadora de telecomunicações móveis que se tornou a número 1 do país em três anos de operação.

 

"Mukesh Ambani mudou a narrativa para a Reliance Industries" como líder não apenas em petróleo e gás, mas também em telecomunicações e retalho, e, possivelmente, em breve também em comércio eletrónico, disse Chakri Lokapriya, diretor de investimentos da TCG Asset Management, de Mumbai, que gere 3 mil milhões de dólares em ativos.

 

"Mukesh Ambani rapidamente identificou, investiu e executou com sucesso  [o plano] para criar esta narrativa", salientou Lokapriya. "Acreditamos que isto possa potencialmente duplicar o valor para os acionistas nos próximos quatro anos."

 

Os negócios mais novos devem responder por 50% das receitas da Reliance em alguns anos o que compara com cerca de 32% atualmente, realçou Ambani em agosto. Um representante da Reliance não respondeu a um email para comentar o património de Ambani.

 

(Texto original: Asia’s Richest Man Added $17 Billion to His Fortune This Year)

Ver comentários
Saber mais Mukesh Ambani Reliance Industries Jeff Bezos Amazon Jack Ma Alibaba
Mais lidas
Outras Notícias