Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Putin promete que Rússia voltará a crescer no próximo ano

O presidente russo defendeu que a tendência da economia já é positiva e que será possível acabar com três anos de recessão.

A carregar o vídeo ...
Putin Pressed on Prices, Wages, Economy in Annual Call-In
Negócios jng@negocios.pt 14 de Abril de 2016 às 11:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Vladimir Putin prometeu que no próximo ano a economia russa regressará ao crescimento, após três anos de recessão motivada pela queda dos preços do petróleo e pelo impacto das sanções do Ocidente. E mostrou confiança na dimensão das reservas detidas pelo país.

Sobre a evolução da economia, o presidente russo espera que o PIB contraia 0,3% este ano e que cresça 1,4% em 2017, números acima do estimado pelos economistas. "A situação ainda não melhorou, mas a tendência é positiva", defendeu Putin esta quinta-feira, 14 de Abril, num programa televisivo anual em que recebe questões telefónicas de cidadãos russos, citado pelo Financial Times.

A crise económica na Rússia levou a uma subida da inflação e a uma pressão sobre o rublo. E Moscovo teve de fazer uso das suas reservas para segurar a moeda local. Questionado sobre a dimensão das reservas do país, Putin garantiu que "são suficientes para aguentar o país durante quatro anos se todos parassem de trabalhar e não fizessem nada". 

Ver comentários
Saber mais Vladimir Putin Financial Times Rússia Moscovo economia negócios e finanças economia negócios e finanças macroeconomia economia (geral)
Mais lidas
Outras Notícias