Segurança Social Recibos verdes têm 15 dias para pedir apoio financeiro à Segurança Social

Recibos verdes têm 15 dias para pedir apoio financeiro à Segurança Social

Os trabalhadores independentes que tenham quebras na atividade por causa da covid-19 podem pedir a partir de hoje um apoio financeiro à Segurança Social. Pedido tem de ser feito até 15 de abril.
Recibos verdes têm 15 dias para pedir apoio financeiro à Segurança Social
Susana Paula 01 de abril de 2020 às 14:15
Os trabalhadores independentes que tenham redução da sua atividade por causa da covid-19 já podem pedir na Segurança Social Direta o acesso a um apoio financeiro, tendo 15 dias para o fazer.

Os chamados 'recibos verdes' estão a receber, nesta quarta-feira, 1 de abril, um e-mail para seguirem um 'link' de acesso à Segurança Social Direita e preencherem um formulário para pedir o apoio extraordinário à redução da atividade económica, lançado por causa da covid-19. 

"O período para requerer o respetivo apoio, através da Segurança Social Direta, decorre de 1 a 15 de abril", adianta a Segurança Social, segundo um e-mail enviado a um desses trabalhadores e a que o Negócios teve acesso.  

Nesse 'link', os passos exigidos aos trabalhadores independentes são simples: primeiro confirmar o pedido de apoio extraordinário e, depois, declarar sob compromisso de honra que está em paragem total da atividade. 

Feitos esses passos, o pedido está submetido. Mas não é apresentado nenhum cálculo do valor a receber. No entanto, o Governo já adiantou que o apoio será pago já neste mês de abril

Trata-se de um apoio até 438,8 euros por mês, durante um período máximo de seis meses, destinado aos trabalhadores independentes que se encontrem em "situação comprovada de paragem da sua atividade ou da atividade do respetivo setor" por causa da pandemia.

Os termos que operacionalizam esta medida vão constar de uma portaria que será publicada "muito em breve".






pub

Marketing Automation certified by E-GOI