Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Depois dos combustíveis, a luta continua entre os motoristas de pesados

Impacto da greve dos combustíveis na semana passada deu força aos motoristas de mercadorias, que admitem agravar a luta. Também os motoristas de pesados de passageiros, que estão a negociar um novo contrato coletivo de trabalho, ameaçam com uma nova greve.

A Sociedade de Transportes Colectivos do Porto vai gastar 37,3 milhões (mais IVA) na compra de 173 autocarros movidos a gás para transporte urbano de passageiros e respectivos serviços de manutenção, pelo período de oito anos, prorrogável por mais oito anos.
Susana Paula susanapaula@negocios.pt 22 de Abril de 2019 às 22:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Depois de os motoristas de matérias perigosas terem colocado o país em alerta energético com três dias de greve, a luta continua entre os trabalhadores de veículos pesados. Esta semana é a vez dos motorista de pesados de mercadorias e dos motoristas de pesados de passageiros fazerem ouvir as suas reivindicações.

O Sindicato Independente dos Motoristas e Mercadorias (SIMM), que não é afeto a nenhuma central sindical, marcou ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais greve sindicato motoristas pesados mercadorias passageiros SIMM combustíveis FECTRANS política economia salários
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias