Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Líder do PSOE afasta eventuais coligações políticas a "qualquer preço"

O líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sánchez, garantiu esta segunda-feira que não vai tentar formar governo "a qualquer preço" e alertou o Podemos que não vai negociar nenhum acordo que ponha em perigo a integridade territorial espanhola.

Reuters
Lusa 28 de Dezembro de 2015 às 12:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Durante um discurso perante o Comité Federal do PSOE, Pedro Sánchez, insistiu que compete ao Partido Popular formar governo mas sublinhou que caso não venha a ser possível a Mariano Rajoy conseguir um executivo, os socialistas têm "legitimidade" para assumirem responsabilidades tentando uma nova maioria "progressistas" e de "esquerda".

Desta forma, Sánchez informou que vai contactar "todas" as forças políticas, de forma "transparente" para que os espanhóis venham a saber o que pode vir a ser eventualmente negociado.

Sobre o Podemos, terceira força política mais votada nas eleições gerais de 20 de Dezembro, o líder do PSOE frisou que não vai negociar de qualquer forma referindo-se directamente ao referendo sobre a independência da Catalunha que, afirmou, pode ser o "princípio de novas rupturas" no país.

O programa político do Podemos admite a realização de um referendo na Catalunha, apesar de o partido liderado por Pablo Iglésias defender a integridade territorial espanhola.

Ver comentários
Saber mais Pedro Sánchez Partido Popular Mariano Rajoy PSOE Catalunha Pablo Iglésias
Outras Notícias