Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

OE prevê estabilização do petróleo e euro e Euribor ainda negativa em 2019

A proposta do Orçamento do Estado para 2019 estima uma estabilização dos preços do petróleo e do euro face ao dólar. Já a Euribor deverá manter-se em valores negativos.

Arábia Saudita frente-a-frente com o Irão - Os confrontos comprometerão as exportações de petróleo e gás do Estreito de Ormuz. Como consequência, o petróleo dispara e os planos de privatização da companhia de petróleo Saudi Aramco não resultam. A Arábia Saudita desvalorizará a sua moeda, obrigando a restante região a fazer o mesmo.
DR
Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 16 de Outubro de 2018 às 01:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais hipóteses do enquadramento internacional que constam da proposta do Orçamento do Estado para 2019 assumem que os preços do petróleo se mantenham praticamente inalterados face aos valores registados este ano. Também a moeda única deverá estabilizar. Já a Euribor, indexante utilizado no crédito à habitação, deverá subir mas continuará em níveis negativos, revela o documento conhecido esta segunda-feira.

"Após um aumento em 2018 (que se estima seja o mais elevado dos últimos seis anos), as expectativas implícitas nos mercados de futuros apontam para que o preço do petróleo ascenda a 72,2 dólares por barril em 2019 (cerca de 60,6 euros por barril), reflectindo a persistência de tensões geopolíticas no Médio Oriente (imposição de sanções pelos EUA ao Irão no período mais recente) e também noutros países exportadores de petróleo (caso da Venezuela), com possíveis perturbações do lado da oferta", refere a proposta do Orçamento do Estado para 2019.


O preço médio do Brent, em 2018, deverá rondar os 72,9 dólares por barril, enquanto no próximo ano chegará aos 72,2 dólares por barril.


Este documento realça ainda que, expresso em euros, "o preço do petróleo apresenta um perfil ainda mais acentuado, em parte explicado pela depreciação esperada da taxa de câmbio do euro face ao dólar". Contudo, a taxa de câmbio média deverá ser idêntica em 2018 e 2019: 1,19 dólares.

 

Quanto aos preços das matérias-primas não energéticas, em dólares, estas "deverão registar uma quebra em 2019, após um aumento significativo nos dois últimos anos".


Relativamente ao rumo da Euribor, indexante de mais de 95% dos créditos para a compra de casa em Portugal, "num contexto de redução gradual do impacto dos estímulos não convencionais adoptados nos últimos anos pelo BCE, a taxa de juro de curto prazo (Euribor a 3 meses) deverá exibir um perfil ligeiramente ascendente, embora se mantenha em níveis historicamente baixos".


As estimativas que constam da proposta do Orçamento do Estado para este ano contemplam um valor médio da Euribor de -0,3%, enquanto no próximo ano as estimativas apontam para os -0,1%.

Ver comentários
Saber mais petróleo Brent euro Euribor previsões Orçamento do Estado 2019
Outras Notícias