Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Associação sindical admite agir judicialmente contra os mentores da 'lista VIP'

O presidente da Associação Sindical de Profissionais de Inspecção Tributária e Aduaneira (APIT) admitiu hoje agir judicialmente contra os mentores da criação da 'lista VIP', em defesa dos trabalhadores e da própria Autoridade Tributária (AT).

Pedro Elias/Negócios
Lusa 19 de Março de 2015 às 22:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

"Em defesa dos funcionários e mesmo do que é a Autoridade Tributária, queremos responsabilizar, se necessário judicialmente, quem se lembrou de propor ou de implementar" a denominada 'lista VIP', disse Nuno Barroso.

 

O presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Inspecção Tributária e Aduaneira (APIT) foi ouvido esta noite na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública sobre a alegada 'lista VIP' de contribuintes na Autoridade Tributária (AT), (mediáticos, da área política, financeira e económica), a cujo cadastro terá sido aplicado um filtro para permitir detectar quem lhe acedia.

 

O sindicalista recorda que no início de Março questionou o ainda director-geral da AT, Brigas Afonso, sobre a existência da 'lista VIP', mas que nunca obteve resposta sobre o assunto e que essas são as perguntas que pretende ver respondidas na sexta-feira, no seguimento das audições parlamentares do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, do ex-director-geral da AT, Brigas Afonso, e do ex-subdiretor-geral da Justiça Tributária da AT, José Maria Pires.

 

"Em nenhum momento assumimos que a lista existia (...) queremos saber se ela existe ou não e, se sim, quem a espoletou", afirmou Nuno Barroso.

Ver comentários
Saber mais Autoridade Tributária Nuno Barroso presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Inspecção Tributária e Aduaneira Administração Pública Paulo Núncio Justiça Tributária José Maria Pires
Mais lidas
Outras Notícias