Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fisco perdoou às empresas 168 milhões em juros, custas e coimas

Muito se falou sobre a receita gerada pelo perdão fiscal em 2016 e o seu contributo para o cumprimento do défice. Porém, esta receita teve um preço: 168,4 milhões entre juros e custas, segundo números das Finanças. Rocha Andrade estará hoje no Parlamento a falar sobre o PERES.

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais estará esta terça-feira no Parlamento a falar sobre o perdão fiscal. Bruno Simão
Manuel Esteves mesteves@negocios.pt 09 de Maio de 2017 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 15
  • ...
O Plano Especial de Redução do Endividamento ao Estado (PERES), lançado pelo Governo em meados do ano passado, perdoou às empresas 168,4 milhões de euros, revelam dados enviados pelo Ministério das Finanças ao PSD, em resposta a um requerimento dos sociais-democratas. Em causa estão juros de mora e compensatórios, bem como custas processuais e coimas, na maior parte dos casos relativas a processos de cobrança coerciva.
...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Fisco perdão fiscal PERES juros custas coimas PSD Ministério das Finanças
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias