Justiça Gabinetes de Fernando Medina e vereadores do PS alvos de buscas da PJ

Gabinetes de Fernando Medina e vereadores do PS alvos de buscas da PJ

Inspectores da Polícia Judiciária estiveram nos gabinetes do presidente da Câmara de Lisboa e dos vereadores Manuel Salgado e Duarte Cordeiro
Gabinetes de Fernando Medina e vereadores do PS alvos de buscas da PJ
Miguel Baltazar
Negócios 27 de junho de 2018 às 15:56
Os gabinetes do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e dos vereadores socialistas Manuel Salgado e Duarte Cordeiro foram três dos alvos das buscas da Polícia Judiciária, que esta quarta-feira, 27 de Junho, desencadeou a operação Tutti Frutti, por suspeitas de crimes de "corrupção passiva, tráfico de influência, participação económica em negócio e financiamento proibido", revela a revista Sábado.

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, confirmou que foram efectuadas buscas nos serviços municipais no âmbito de um inquérito do Ministério Público, mas segundo o autarca "não tiveram como objecto directamente" a Câmara. Questionado pelos jornalistas à chegada à reunião pública do executivo, que decorre esta tarde nos Paços do Concelho, Medina disse que "foram realizadas [buscas], como é público". Segundo o socialista, as buscas "não tiveram como objecto directamente a Câmara Municipal de Lisboa, mas um processo mais vasto".

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) e o Ministério Público (MP) realizaram buscas à Comissão Distrital de Lisboa do PSD e à Concelhia de Lisboa do PS, que fica na sede da Federação da Área Urbana de Lisboa do PS (FAUL). 

De acordo com a informação disponível foram realizadas cerca de 70 buscas esta quarta-feira, com 20 autarquias a serem o foco das buscas. 







pub

Marketing Automation certified by E-GOI