Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo sobre BES: “Estamos a viver um bom período para a justiça portuguesa”

Mesmo sem comentar em concreto a acusação entretanto conhecida do caso BES, o Presidente da República juntou os avanços verificados nos processos de Tancos e Marquês para concluir que "estamos a viver um bom período para a justiça portuguesa”.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 15 de Julho de 2020 às 15:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 22
  • ...
Os passos dados no caso BES, assim como nos casos de Tancos e Sócrates, são, para o Presidente da República, "uma boa notícia" que mostra que "estamos a viver um bom período para a justiça portuguesa". 

Marcelo Rebelo de Sousa reagiu assim à acusação entretanto conhecida no caso BES, com Ricardo Salgado a ser acusado da prática de 65 crimes (associação criminosa, corrupção ativa no setor privado, burla qualificada, falsificação de documento, manipulação de mercado, branqueamento de capitais e infedilidade). 

No final de um encontro com responsáveis do Conselho de Juventude Nacional, a propósito do aniversário desta entidade, Marcelo notou que a demora nos chamados mega-processos judiciais levou a que os "portugueses começassem a desesperar". 

"Tivemos boas notícias nos últimos tempos. O caso de Tancos já foi para julgamento, uma boa notícia,a Operação Marquês está para despacho, uma boa notícia. A apresentação da acusação no caso BES é uma boa notícia. É uma boa notícia continuarem investigações mesmo sobre magistrados para, precisamente, mostrar que quem não deve não teme", disse o Presidente referindo-se, nesta último caso, à Operação Lex. 

"Tudo isto acontecer no espaço de alguns meses é muito positivo porque assim os portugueses acreditam mais na justiça", acrescentou defendendo que apesar da morosidade da justiça "vale a pena" esperar pela materialização das investigações pois "mais vale tarde do que nunca".  

Marcelo Rebelo de Sousa é amigo pessoal de Ricardo Salgado, antigo líder do BES que é apontado pelo Ministério Público como o principal mentor da rede criminosa montada em torno do Grupo Espírito Santo.

Interpretação distinta foi feita por Rui Rio. O presidente do PSD voltou a criticar a lentidão da justiça nacional e, via Twitter, questiona "quantos mais anos teremos de esperar para ser feita justiça no maior crime financeiro da nossa história".
(Notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais Marcelo Rebelo de Sousa Ricardo Salgado BES Operação Marquês Tancos Operação LEX GES
Mais lidas
Outras Notícias