Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo Rebelo de Sousa deixa apelo ao voto nas eleições do Brasil

O Presidente português fez o mesmo apelo que faz quando há eleições internas. Apelou ao voto. dos portugueses no Brasil – com dupla nacionalidade - e dos brasileiros em Portugal.

Lusa
Negócios com Lusa 06 de Outubro de 2018 às 20:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Presidente da República apelou ao voto nas eleições presidenciais no Brasil, que decorrem no domingo, dirigindo-se aos portugueses com dupla nacionalidade e aos brasileiros que vivem em Portugal.

"Espero que os portugueses, muitos, que vivem no Brasil e que têm a dupla nacionalidade não deixem de exercer o direito de voto, é o mesmo apelo que faço cá dentro ao voto, e até já fiz ontem, à participação no voto no ano que vem", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, que falava, em Vila Real, à margem da cerimómia de entrega do Prémio D.Diniz ao escritor Helder Macedo.

O Presidente disse ainda, por outro lado, que espera também que os "muitos brasileiros que vivem em Portugal participem no exercício do direito de voto".

"Porque isso é bom, nós formamos uma comunidade que é a comunidade de língua portuguesa, que é uma comunidade que não é só de cultura ou de economia ou de finanças, é uma comunidade de pessoas e será tanto mais forte quanto maior for a participação das pessoas, todas elas, em termos políticos, dentro da comunidade", salientou.

O Brasil realiza no domingo eleições presidenciais, para o parlamento (Câmara dos Deputados e Senado) e para representantes de governos regionais. O próprio filho do presidente, Nuno Rebelo de Sousa, vive no Brasil

Se nenhum candidato superar 50% dos votos válidos haverá uma segunda volta nas presidenciais do país que está marcada para acontecer no dia 28 de outubro.

Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL), lidera as presidenciais com 35% das intenções de voto, 13 pontos percentuais frente do seu rival imediato, o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) Fernando Haddad, que tem 22% da preferência dos eleitores.
Ver comentários
Saber mais Brasil eleições
Outras Notícias