Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Poderá a China criar o seu próprio “Jackson Hole”?

Em mais um sinal de abertura ao mundo, o Banco Popular da China organizou um simpósio com a instituição congénere nos EUA. O encontro realizado perto de Xangai, disse o vice-governador do banco central, poderá evoluir para um género de "Jackson Hole".

André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 03 de Março de 2016 às 19:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Um banco central convida responsáveis pela política monetária de outros países para participar num encontro, no qual se discutirá uma das principais preocupações em relação à economia mundial. Esta já começa mesmo a ser uma descrição familiar. O mais conhecido de todos é o simpósio de Jackson Hole, organizado pela Reserva Federal dos EUA, mas há também o Fórum do Banco Central Europeu, entre outros. Agora, foi a China a lançar-se no mundo destas conferências.

O Banco Popular da China está a organizar esta semana um simpósio, conjuntamente com a Reserva Federal dos EUA. Na cidade chinesa de Hangzhou, perto de Xangai, o encontro de preparação juntou o vice-governador do banco central chinês, Chen Yulu, e o presidente da Reserva Federal de Nova Iorque, William Dudley. À Bloomberg, o responsável chinês disse mesmo: "se os EUA podem ter um Jackson Hole, porque não poderá a China?"

Chen Yulu defendeu que o Banco Popular da China pode "ter uma conferência que evolui para algo do género no futuro". Mais um sinal de que a maior economia asiática está a ceder à pressão para que aumente a transparência das suas políticas. Exemplo disso mesmo foi a garantia dada pelo banco central de que deixaria a cotação da moeda negociar livremente. Uma das exigências do Fundo Monetário Internacional para incluir o yuan no seu cabaz.

Ver comentários
Saber mais Banco Popular da China China banco central Reserva Federal da China Banco Central Europeu política monetária Fórum do BCE Jackson Hole economia Ásia economia
Mais lidas
Outras Notícias