Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barcadouro testa cruzeiro em duas áreas classificadas pela UNESCO

O novo serviço turístico entre a Régua e o Pocinho, que inclui a visita ao museu do Côa, é o 17.º cruzeiro desta empresa de turismo fluvial, que facturou perto de dois milhões de euros em 2013.

Direitos Reservados
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 20 de Maio de 2014 às 14:50
  • Partilhar artigo
  • ...

Subir o rio Douro de barco até ao Pocinho, incursão de autocarro para uma visita guiada ao Museu do Côa e regresso à Régua de comboio. É esta a 17.ª proposta do portefólio da Barcadouro, empresa especializada em cruzeiros de um e dois dias naquela região vitivinícola, que estreará o novo serviço "Douro Côa" esta quarta-feira, 21 de Maio.

 

A mais recente oferta turística da empresa fundada por Fernando Costa em 1996, cujo volume de negócios ascendeu a 2,2 milhões de euros em 2013, combinará no mesmo dia a visita a duas áreas classificadas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) como Património Mundial da Humanidade: a paisagem do Alto Douro Vinhateiro e a arte rupestre do Parque Arqueológico do Vale do Côa.

 

Na viagem inaugural, com partida do cais da Régua às 8h30, estará a operar o "Senhora do Douro" (na foto), um barco com 28 metros de comprimento e capacidade para 94 passageiros. Segundo informação oficial da empresa, que se apresenta como "o mais antigo agente de turismo fluvial em actividade no Douro" e transportou mais de 50 mil turistas no ano passado, este serviço estará disponível até ao fim da actual época turística, de terça a sexta-feira. A disponibilização diária deste cruzeiro em 2015 está ainda em aberto, dependendo da aceitação dos clientes neste período experimental.

Ver comentários
Saber mais Barcadouro turismo Douro Museu do Côa UNESCO
Outras Notícias