Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pedro Nuno Santos fica no Governo e assume "falha de comunicação"

O ministro das Infraestruturas e da Habitação lamentou situação de falta de comunicação interna e assumiu a sua responsabilidade por esses erros de comunicação. Mas indicou que permanece no Governo. Despacho vai ser revogado.

A carregar o vídeo ...
  • Partilhar artigo
  • 19
  • ...
O ministro das Infraestruturas e da Habitação assumiu a sua responsabilidade pelo que classificou como "falta de comunicação interna" no Governo, frisando que esses "erros de comunicação" são da sua "inteira responsabilidade".

Pedro Nuno Santos disse "vamos continuar a trabalhar", indicando que continuará no Executivo. O governante lamentou toda a situação criada à volta do despacho sobre a solução para o aeroporto de Lisboa "fruto de erros de comunicação e de articulação e que são da minha inteira responsabilidade".

O ministro das Infraestruturas reconheceu o erro "perante os meus colegas de Governo, o primeiro-ministro e o Presidente da República". "Estas falhas tiveram consequências e causarem esta situação", admitiu. "Eu me penalizo profundamente", afirmou.

Pedro Nuno Santos que assumiu a pasta das Infraestruturas ainda no anterior Governo - que acabou por cair com o chumbo do Orçamento do Estado - nunca disse claramente que se mantinha no cargo, mas afirmou que "queremos ultrapassar este momento e retomar o trabalho em conjunto".

O ministro garantiu que vai procurar consensos alargados, nomeadamente com o PSD, sendo que esta terá sido uma das razões para que o primeiro-ministro tenha ordenado a revogação do despacho. "É esse o trabalho que vamos estar concentrados lamentando perante todo o Governo esta falha na articulação e comunicação com o primeiro-ministro e os restantes colegas", sublinhou Pedro Nuno.

(Notícia atualizada às 17H10 com mais declarações do ministro)
Ver comentários
Outras Notícias