Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nunca um Presidente da República foi eleito com tão poucos votos (act)

Cavaco Silva obteve a reeleição nas eleições de hoje, tendo obtido o menor número de votos de sempre numa eleição de um Presidente da República. Manuel Alegre obteve menos 300 mil votos face às eleições de 2006 e ficou abaixo dos 20%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 23 de Janeiro de 2011 às 22:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
(actualiza com resultados finais)
Cavaco Silva obteve o voto de 2.230.104 portugueses, o que lhe garante uma vitória à primeira volta, com 52,94% dos votos totais, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Ministério da Justiça no portal criado para as eleições Presidenciais, quando faltam apenas apurar os resultados de 11 consulados.

Comparando com os resultados de 2006, Cavaco Silva “perde” cerca de 543 mil votos, mas sobre na votação em percentagem. Nas últimas eleições o Presidente da República tinha obtido 2,77 milhões de votos e uma vitória de 50,54%.

Cavaco Silva parte assim para o segundo mandato com uma vitória clara sobre os restantes candidatos, mas passa a ser o Presidente da República com o menor número de votos de sempre.

O anterior era Jorge Sampaio, que no segundo mandato tinha obtido 2,4 milhões de votos, com uma vitória de 55,55%.

Cavaco terá sido penalizado pela elevada abstenção, que também superou o recorde da reeleição de Sampaio, ao ficar acima dos 53%.

Alegre também sai a perder na comparação com os resultados de 2006. Nas eleições de hoje obteve 832 mil votos, o que representa uma percentagem de 19,75%. Em 2006 tinha obtido 1,13 milhões de votos (20,74%).

O candidato apoiado pelo PS e Bloco de Esquerda "perde" mais de 300 mil votos.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias