Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acionistas da Fiat e da Peugeot aprovam fusão. Tavares vai liderar quarta maior empresa automóvel do mundo

De manhã, os acionistas do grupo PGA já tinham dado "luz verde". Agora, foi a vez da Fiat aprovar a fusão de ambas as empresas que dará origem à quarta maior empresa automóvel do mundo.

Mariline Alves
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 04 de Janeiro de 2021 às 14:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Os acionistas da Fiat Chrysler e do grupo PSA (Peugeot, Citroën e Opel) aprovaram nesta segunda-feira a fusão entre ambas, que dará origem à quarta maior empresa do setor automóvel do mundo, a Stellantis. O português Carlos Tavares, até então líder da francesa PSA, será o primeiro CEO da nova companhia.

Em duas reuniões separadas, os investidores de ambas as empresas puseram fim a uma novela que se arrastava há dois anos, depois de também Bruxelas ter dado a sua aprovação no final do ano passado, com alguns remédios.

A Stellantis vai deter 14 marcas automóveis, como a Fiat, a Peugeot, a Citroen, a Opel ou a Maserati e deverá começar a operar de forma oficial em breve.

Apesar do novo nome, os dois fabricantes frisaram que esta designação será apenas para efeitos corporativos, indo manter-se os nomes das atuais marcas automóveis.

A empresa combinada terá uma presença alargada em segmentos de SUVs da América do Norte, graças à Jeep, enquanto que as marcas da Citroen se têm destacado na Europa.
Ver comentários
Saber mais PSA Fiat Chrysler Peugeuot Opel Carlos Tavares Citroën Stellantis Peugeot economia negócios e finanças indústria metalomecânica e engenharia
Outras Notícias