Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Conselho de Ministros aprova investimento da Continental Mabor em Famalicão

O projecto pressupõe um investimento de 49,9 milhões de euros e a criação de 125 novos postos de trabalho. 

Bloomberg
Negócios 16 de Junho de 2016 às 14:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Governo já tinha dado luz-verde, mas só agora foi aprovado pelo Executivo em Conselho de Ministros. A Continental Mabor já tem autorização para avançar com o investimento de 49,9 milhões de euros na sua fábrica em Vila Nova de Famalicão.

 

De acordo com o comunicado do Conselho de Ministros, "foi aprovada a minuta do contrato fiscal de investimento a celebrar entre o Estado Português, representado pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E. (AICEP, E.P.E.), e a Continental Mabor – Indústria de Pneus, S.A".

 

Acrescenta que "este projecto de investimento reveste-se de especial interesse para a economia nacional, implicando um investimento de 49,9 milhões de euros, assegurando 125 novos postos de trabalho, que acrescem aos 1750 postos de trabalho, reunindo as condições necessárias para a concessão dos incentivos fiscais legalmente previstos".

 

Quando deu luz verde ao investimento, o ministério da Economia tinha já revelado este projecto criar uma linha de produção de pneus radiais destinados a todos os veículos agrícolas, "por forma a satisfazer a procura num mercado para o qual não existe produção em território nacional, representando uma inovação para o grupo Continental Mabor e para o país".

 

Esta unidade fabril de produção de pneus deverá alcançar em 2024 um valor anual de vendas de 971 milhões de euros, e um valor anual acrescentado bruto de 388 milhões de euros.

"A diversificação da produção com a introdução de tecnologias inovadoras permite aumentar a capacidade concorrencial da Continental Mabor no plano internacional, uma vez que o novo produto se destina ao mercado externo", pode-se ler no despacho assinado pelo Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

A marca pretende iniciar a comercialização dos pneus Agro no mercado europeu e norte-americano, para mais tarde entrar noutros continentes.

 

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias