Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP mostra cautela face à incerteza da crise pandémica

O banco liderado por Miguel Maya está a preparar-se para o impacto da crise provocada pela pandemia, colocando de parte muitos milhões para fazer face a potenciais perdas com crédito e adiando o tema dos dividendos para o final do ano.

Miguel Maya, CEO do BCP, realça que nunca antes de setembro vai voltar a pensar em dividendos.
Miguel Maya, CEO do BCP, realça que nunca antes de setembro vai voltar a pensar em dividendos. António Cotrim/Lusa
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 25 de Fevereiro de 2021 às 22:11
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A incerteza provocada pela pandemia de covid-19, que já ditou um segundo confinamento e uma nova paragem da economia, está a deixar o BCP cauteloso. Se, por um lado, o banco liderado por Miguel Maya colocou de parte mais de 800 milhões de euros – sendo uma parte significativa para o crédito – para responder a potenciais perdas provocadas pela pandemia, por outro, a gestão não quer falar de dividendos antes de setembro. O banco considera que,

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais BCP Miguel Maya banca
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias