Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Deutsche Bank conclui aumento de capital de 8 mil milhões de euros

Os accionistas do maior banco europeu exerceram 98,9% dos direitos, garantindo o sucesso da operação, que constitui o quarto aumento de capital desde 2010.

reuters
Negócios jng@negocios.pt 07 de Abril de 2017 às 11:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O germânico Deutsche Bank concluiu com sucesso o aumento de capital de 8 mil milhões de euros anunciado no início do mês de Março, com o objectivo de melhorar a situação financeira da instituição, depois de dois anos consecutivos de prejuízos.

O Deutsche Bank "completou com sucesso o aumento de capital (…) anunciado a 5 de Março de 2017", informa o banco em comunicado, acrescentando que o número de acções aumentou em 687,5 milhões para 2.066,8 milhões.

O preço de subscrição era de 11,65 euros e foram exercidos 98,9% dos direitos de subscrição. "As restantes novas acções que não foram subscritas serão vendidas no mercado", segundo adianta o banco alemão.

A operação foi levada a cabo por um sindicato de 30 bancos, incluindo o Credit Suisse, o Barclays, o Goldman Sachs, o BNP Paribas e o Morgan Stanley.

O aumento de capital faz parte do novo plano estratégico anunciado no início do mês passado, e que prevê também uma forte redução de custos e a alienação de uma posição minoritária no seu negócio de gestão de activos - que gere 774 mil milhões de euros - através de uma oferta pública inicial (IPO na sigla em inglês) ao longo dos próximos dois anos, permitindo encaixar pelo menos mais dois mil milhões de euros.

Esta quarta-feira, foi avançado que a instituição, que cortou bónus pelo segundo ano consecutivo, 
está a perder vários quadros de topo como resultado da nova estratégia. Pelo menos três executivos, Kevin Burke, Neil Hosie e Patrick Kelly, saíram da unidade do banco na Ásia. Holger Knittel aceitou um novo cargo na casa-mãe do banco em Frankfurt.

O banco alemão ficou debaixo de fogo em Setembro, quando as autoridades norte-americanas exigiram o pagamento de uma coima de 14 mil milhões de dólares para encerrar um processo relacionado com a venda irregular de instrumentos financeiros.

O Deutsche Bank recusou o valor da multa e deu início a um processo de negociações com as autoridades dos Estados Unidos, que culminaria no final de Dezembro, num acordo mais favorável para o banco: uma multa civil de 3,1 mil milhões de dólares e 4,1 mil milhões de dólares em compensações aos consumidores, num total de 7,2 mil milhões de dólares.

Ver comentários
Saber mais Deutsche Bank aumento de capital banca acções direitos
Mais lidas
Outras Notícias