Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moscovici: Planos de Portugal para o malparado "vão na direcção certa"

O comissário Europeu para os Assuntos Económicos disse que teve uma conversa detalhada com o Banco de Portugal sobre as possíveis soluções para o problema do malparado, apoiando a estratégia portuguesa.

O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, manifestou hoje 'emoção e respeito' pela morte de Mário Soares, que considera 'figura marcante da esquerda socialista europeia'. 'Emoção e respeito pela morte de Mário Soares, gigante da política portuguesa, figura marcante da esquerda socialista europeia', disse Moscovici, numa mensagem divulgada na sua conta na rede social Twitter.
Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 18 de Julho de 2017 às 12:23
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

Pierre Moscovici não quis dar pormenores sobre os planos portugueses e europeus para resolver o problema do elevado nível de crédito malparado no sistema financeiro nacional. Contudo, elogiou as intenções das autoridades portuguesas nesta área. 

 

"Não vou dar detalhes sobre essas mudanças. O meu sentimento é que o banco central de Portugal é metódico e estratégico nesta questão dos NPL [activos não produtivos]. O meu sentimento é que a estratégia seguida por Portugal é uma boa estratégia", afirmou esta manhã, numa conferência de imprensa em Lisboa. "A Comissão Europeia deve reflectir. Não é só um problema de Portugal, é um problema europeu."

 

O responsável comunitário disse ainda que "foram conseguidos progressos significativos" no sector financeiro e que esteve a discutir durante a manhã, com Elisa Ferreira e o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, possíveis soluções para o crédito malparado. "O rácio de NPL está a cair e isso são obviamente boas notícias. O meu feeling é que a estratégia das autoridades portuguesas para lidar com o malparado é ambiciosa e vai na direcção certa."

 

Embora a pergunta tenha sido feita por mais do que uma vez, Moscovici recusou-se a dar mais detalhes sobre as possíveis soluções a aplicar em Portugal e na Europa, limitando-se a dizer que esta manhã não houve qualquer discussão com o Banco de Portugal sobre um "bad bank" que passe a deter estes activos.

Ver comentários
Saber mais Moscovici crédito malparado Banco de Portugal Carlos Costa Elisa Ferreira Comissão Europeia banca
Outras Notícias