Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PS vota contra afastamento de Carlos Costa

O projecto do BE que recomendava ao Governo a demissão do governador do Banco de Portugal foi rejeitado. O PS colocou-se ao lado do PSD e votou contra um diploma em que o CDS e o PAN se abstiveram.

Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 07 de Abril de 2017 às 13:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

Apesar das críticas que o Governo e os socialistas têm feito à actuação do governador do Banco de Portugal, o Partido Socialista votou contra a proposta de demissão de Carlos Costa, da autoria do Bloco de Esquerda.

 

O partido coordenado por Catarina Martins tinha avançado com vários argumentos para afastar o líder do regulador da banca, nomeadamente a falta de articulação com os outros supervisores e o facto de não ter agido atempadamente.

 

O projecto de resolução foi rejeitado com os votos contra do Partido Social Democrata, que tem criticado os "ataques" feitos pelo Executivo ao governador, e do Partido Socialista, que tem feito considerações negativas sobre a actuação do líder do Banco de Portugal.

 

O CDS, que reconduziu ao lado do PSD o governador em 2015, absteve-se, tal como o PAN, segundo anunciado por Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República.


O PCP e o PEV colocaram-se ao lado do proponente do diploma, o BE, e votaram a favor do afastamento de Carlos Costa, mas não conseguiram ir contra o centro-direita.

 

Assim, não avança a recomendação do BE para o afastamento de Carlos Costa.

 

Ver comentários
Saber mais Carlos Costa Governo Banco de Portugal Bloco de Esquerda
Mais lidas
Outras Notícias