Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dona da Zara sofre primeiro prejuízo da história e acelera fecho de lojas

O gigante do retalho de vestuário fechou o primeiro trimestre deste ano com um resultado líquido negativo superior a 400 milhões de euros.

DR
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 10 de Junho de 2020 às 08:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

A Inditex registou um resultado líquido negativo de 409 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano, sofrendo assim prejuízos pela primeira vez na história da companhia, que teve muitas das suas lojas encerradas devido à pandemia da covid-19.

 

A dona da Zara está cotada na bolsa espanhola desde 2001 e desde essa altura em que anuncia resultados trimestrais nunca tinha registado prejuízos.

 

Os prejuízos comparam com lucros de 734 milhões de euros no mesmo período do ano passado e são explicados sobretudo pela provisão de 308 milhões de euros relacionada com a nova estratégia de gestão de espaço. Mas mesmo sem este custo extraordinário a Inditex teria registado perdas de 175 milhões de euros.

 

A crise provocada pela covid-19 levou a Inditex a rever a sua estratégia, que passa por um reforço no digital e fecho de mais lojas do que o previsto anteriormente, sobretudo as de menor dimensão.  A companhia espanhola pretende eliminar entre 1.000 a 1.200 lojas, a um ritmo de 500 a 600 por ano, mas também pretende abrir cerca de 150 lojas de maior dimensão por ano.  

 

Em março, no final do primeiro trimestre, a empresa controlada pelo bilionário Amancio Ortega tinha apenas 965 lojas abertas da sua rede total de 7.400. Nesta altura a situação já é bem diferente, com perto de 6.000 lojas abertas, o que representa perto de 78% da rede.

 

Com muitas lojas encerradas, a Inditex sofreu uma queda recorde de quase 50% nas vendas, para 3,3 mil milhões de euros, contra quase 6 mil milhões de euros no período homóloga. Já o EBITDA desceu 70% para 484 milhões de euros.

 

A Inditex confirmou o pagamento de um dividendo de 0,35 euros por ação relativo ao exercício de 2019, mas cancelou o pagamento de um dividendo extraordinário este ano, de 1 euro por ação.

As ações estão a reagir em alta ligeira, com uma subida de 0,35% para 25,77 euros.

Ver comentários
Saber mais Zara Inditex
Mais lidas
Outras Notícias