Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Concorrência ataca “receitas artificialmente elevadas” dos bancos

Para Margarida Matos Rosa, a inovação e a concorrência não põem em risco os bancos incumbentes que até podem beneficiar com um mercado mais competitivo. A Autoridade da Concorrência quer mais abertura.

Margarida Matos Rosa, presidente da AdC, quer mais concorrência nos serviços financeiros.
Margarida Matos Rosa, presidente da AdC, quer mais concorrência nos serviços financeiros. João Miguel Rodrigues
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 14 de Outubro de 2020 às 22:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A Autoridade da Concorrência (AdC) está de olho nos serviços financeiros. Já fez um conjunto de recomendações também a pensar nas “fintech”. E Margarida Matos Rosa, presidente da entidade de supervisão, alerta para o que pode configurar uma manutenção artificial das receitas dos bancos incumbentes.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Autoridade da Concorrência Portugal AdC Margarida Matos Rosa Sicoi
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias