Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Claro também conseguiu 100% de cobertura 3G

A Claro, empresa brasileira detida por Carlos Slim, tornou-se na segunda e última operadora móvel a conseguir licenças 3G para cobrir a 100% o território brasileiro, depois de, minutos antes, a Vivo ter conquistado igual marco. A TIM Brasil, maior rival d

Filipe Paiva Cardoso filipecardoso@mediafin.pt 20 de Dezembro de 2007 às 13:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Claro, empresa brasileira detida por Carlos Slim, tornou-se na segunda e última operadora móvel a conseguir licenças 3G para cobrir a 100% o território brasileiro, depois de, minutos antes, a Vivo ter conquistado igual marco. A TIM Brasil, maior rival da Vivo, falhou este objectivo.

A Claro, terceira operadora móvel do Brasil, com 24,8% de quota, teve que gastar um pouco mais de dinheiro que a Vivo para garantir a cobertura total, tendo aplicado 1,425 mil milhões de reais – 551 milhões de euros –, contra os 1,2 mil milhões de reais investidos pela operadora líder do mercado brasileiro.

A diferença explica-se, por um lado, porque alguns dos lotes de frequências conquistados pela Claro terem preços iniciais mais altos – já que são de 15 Megahertz (Mhz) contra os 10 Mhz dos restantes lotes – e, por outro, porque para conseguir licenças em todas as áreas a Claro teve em alguns lotes concorrência bastante "aguerrida".

O leilão de todas as 36 licenças 3G terminou há poucos minutos em Brasília e a TIM Brasil, segunda maior operadora móvel no Brasil, falhou o objectivo de conseguir direitos para todo o país. A única "falha" da operadora detida pela Telecom Italia foi na corrida às quatro licenças para o interior de Minas Gerais, onde perdeu para a Telemig, CTBC, Oi e Claro.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias