Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Conselho geral do BCP nega intenção de destituir o CEO

O conselho geral e de supervisão do BCP comunicou ao conselho de administração executivo que não existem propostas em preparação com vista à destituição do CEO, Paulo Teixeira Pinto. O comunicado é assinado pelos nove membros da administração do banco.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 01 de Julho de 2007 às 22:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O conselho geral e de supervisão do BCP comunicou ao conselho de administração executivo que não existem propostas em preparação com vista à destituição do CEO, Paulo Teixeira Pinto. O comunicado é assinado pelos nove membros da administração do banco.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o conselho de administração executivo do Banco Comercial Português (BCP) [BCP] vem negar as notícias recentes que dão conta da possibilidade de Paulo Teixeira Pinto poder vir a ser destituído do cargo de CEO.

A administração diz ter sido informada pelo presidente do Conselho Geral e de Supervisão, Jardim Gonçalves, que “não existem propostas preparadas ou em preparação relativas a noticia da destituição ou suspensão do presidente do conselho de administração executivo”.

No mesmo comunicado, o conselho afirma ainda que “não consta da ordem de trabalhos da próxima reunião do conselho geral e de supervisão tal matéria”.

Esta comunicação ao mercado é assinada pelos nove membros que compõem a administração do banco: Paulo Teixeira Pinto; Filipe Pinhal; Christopher de Beck; António Rodrigues; António Castro Henriques; Alípio Dias; Alexandre Gomes; Francisco Lacerda e Boguslaw Kott.

Segundo as edições de Sábado do “Expresso” e do Público, Jardim Gonçalves estaria a ponderar a apresentação de um pedido de destituição de Teixeira Pinto como presidente executivo do BCP.

Outras Notícias