Empresas Desempregados de multinacionais arranjam empregos melhores
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Desempregados de multinacionais arranjam empregos melhores

Um estudo segue o regresso ao mercado de trabalho e avalia a “oportunidade económica” e o impacto no empreendedorismo após o encerramento de subsidiárias, que destroem uma média de 6.300 empregos por ano em Portugal.
Desempregados de multinacionais arranjam empregos melhores
Egídio Santos
António Larguesa 03 de outubro de 2018 às 07:00

Um trabalhador despedido de uma empresa multinacional (EMN) que encerra actividade em Portugal, comparado com um desempregado pelo fecho de uma firma nacional, tem maior probabilidade de arranjar colocação no mesmo concelho (64% vs. 57%),)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI