Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP desiste da sede na Expo e vende terreno

A EDP - Energias de Portugal continua a equacionar a mudança da sede do Marquês de Pombal para outra localização em Lisboa, mas a zona da Expo não faz parte das opções em estudo pela administração de António Mexia.

Tânia Ferreira tf@negocios.pt 09 de Agosto de 2007 às 06:20

A EDP - Energias de Portugal continua a equacionar a mudança da sede do Marquês de Pombal para outra localização em Lisboa, mas a zona da Expo não faz parte das opções em estudo pela administração de António Mexia.

Neste sentido, a eléctrica portuguesa decidiu alienar o terreno com uma área de construção de 40 mil metros quadrados (m2) que tinha na zona sul do Parque das Nações, tendo esta semana formalizado a operação de venda ao Grupo Hagen, segundo apurou o Jornal de Negócios.

Contactada, fonte oficial da EDP confirmou a transacção, escusando-se a revelar para já o montante da venda, alegando um acordo de confidencialidade com o comprador. Da Hagen não foi possível obter qualquer reacção até ao fecho da edição, mas o JdN sabe que a imobiliária terá pago um valor superior àquele que a EDP pagou pelo terreno em Janeiro de 2006.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio