Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis em alta com fim energia nuclear na Alemanha

O governo alemão anunciou ontem à noite que irá pôr fim à energia nuclear na Alemanha, o que está a beneficiar a EDP Renováveis e outras empresas de energias alternativas, por serem consideradas mais seguras.

Andreia Major amajor@negocios.pt 30 de Maio de 2011 às 12:50
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
Após o anúncio da Alemanha, do encerramento dos últimos reactores nucleares em 2022, as empresas de energias alternativas e mais seguras dispararam em bolsa.

A Alemanha torna-se na primeira potência industrial a renunciar à energia atómica, anunciou hoje o ministro do ambiente alemão.

A grande maioria dos 17 reactores alemães vai encerrar até ao final de 2011, e os três mais recentes estarão em funcionamento no máximo até 2022, precisou o ministro Norbert Röttgen, que qualificou a decisão de "irreversível", à saída da reunião de negociação, no âmbito da coligação governamental, com a chanceler Angela Merkel.

A beneficiar destas notícias está a EDP Renováveis e muitas outras empresas de energias alternativas. A empresa liderada por Ana Maria Fernandes está a ganhar 1,31% para 4,73 euros, a reflectir o incentivo por energias mais seguras. As acções chegaram a valorizar 1,73%.

Também a Enel Green Power, empresa italiana de energias renováveis, já acumulou um ganho de 3,44% hoje, seguida da Fortum Oyj que já valorizou 2,17%.

A Public Power também está a ser favorecida pelas notícias e já apreciou 1,46%. A EDP Renováveis aparece como a quarta empresa das energias verdes que mais beneficiam hoje com o fim da energia nuclear na Alemanha.

Por outro lado, as empresas que estão ligadas à energia nuclear estão a registar fortes perdas. A RWE já caiu 2,16% esta manhã, seguida da E.ON que perdeu 1,85%. Também a GDF SUEZ desvalorizou 0,88% hoje.

A decisão tomada pelo Governo alemão é um importante marco para as empresas energéticas, pois tal como aconteceu após o acidente nuclear de Fukushima, as empresas de energias verdes estão a beneficiar consideravelmente devido a serem mais seguras, o que leva os investidores a virarem-se para este tipo de energias.

A EDP Renováveis também registou fortes subidas em Março, após o acidente nuclear no Japão.
A Alemanha deverá tomar uma decisão final sobre o futuro das energias renováveis no encontro de 6 de Junho. Porém, as principais características da sua nova política energética ficou clara ontem à noite.

Ver comentários
Saber mais energia nuclear empresas EDP Renováveis
Outras Notícias