Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Espanha estuda retaliações comerciais contra a Argentina

As medidas de resposta do Governo espanhol à expropriação da Repsol na YPF por parte da Argentina irão a conselho de ministros esta sexa-feira. Fala-se na possibilidade de haver retaliações comerciais.

Negócios negocios@negocios.pt 18 de Abril de 2012 às 10:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O Governo espanhol tem tomado posição pública de contestação à expropriação da posição da Repsol na companhia petrolífera Argentina YPF, mas as medidas que tomará deverão ser analisadas no Conselho de Ministros desta semana.

Para já, a "Europa Press" noticia a possibilidade de o Governo travar "as importações da Argentina de soja e bioetanol". Represálias comerciais em protesto contra a decisão da presidente argentina Cristina Kirchner.

A notícia, avançada pela "Europa Press", cita o coordenador de estudos do Partido Popular, que está no Governo, e porta-voz dos Negócios Estrangeiros do grupo Popular, José Maria Beneyto, nuna entrevista na Telemadrid.


"O Governo está a avaliar exactamente as consequências que teriam este tipo de represálias comerciais e o que pode ser feito", afirmou esse responsável.

Beneyto confirmou que estão a ser estudadas outras medidas de carácter diplomático, mas adverte ser necessária prudência até para evitar qualquer tipo de contágio a outras empresas que estão na Argentina.

Para muitas empresas espanholas, a Argentina é um país importante em termos de negócio, por isso, também alerta para a importância de se conseguir consenso com outros grupos políticos, em especial com o PSOE.

Fontes do Governo, citadas pela EFE, garantem que Mariano Rajoy não quer adoptar decisões intempestivas e quer dar uma resposta persistente e coordenada a nível europeu. Aliás, as mesmas fontes anónimas dizem que o Executivo está satisfeito com a primeira resposta dada pela União Europeia, que se aliou a Espanha e elogiam em concreto a atitude do presidente mexicano, Felipe Calderón. Rajoy continua na América Latina, numa visita ao México e à Colômbia.



Ver comentários
Saber mais Repsol YPF expropriação Espanha Argentina Mariano Rajoy
Mais lidas
Outras Notícias